Atlético-GO visita Região Metropolitana do Rio de olho em novos craques

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Atlético-GO visitou diversos projetos sociais e clubes amadores da região. Foto: Jonathan Jeferson

Com o futebol brasileiro cada vez mais profissional e competitivo, investir na revelação de jovens talentos é a saída para muitos clubes. Pensando nisso, o Atlético-GO fez uma semana de visitas a projetos sociais e times locais da Região Metropolitana do Rio, visando expandir a marca do clube e captar talentos para qualificar suas equipes de base.

Após se firmar na Série A do Campeonato Brasileiro, o Dragão é um dos times que mais tem investido em estrutura e categorias de base no país. De segunda (12) à quinta-feira (15), o captador Lennon Bustamante, a convite do empresário niteroiense João Victor Proetti, observou cerca de 200 jovens em Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá. Além disso, ele também passou pelo Barra da Tijuca, onde treinam equipes Sub-15 e Sub-16 do Bangu.

“Essa captação é de suma importância, não só para o Atletico-GO, que está conseguindo avaliar quase 200 atletas da região, mas também para as respectivas agremiações. Essa parceria fortalece não só o futebol, mas todo o nível social. Nosso clube está crescendo e tem um olhar para esse tipo de situação, onde estará aumentando o número de imersões, não só no Rio mas como em outros estados”, contou Lennon.

Muitos garotos foram observados no campo do Wetzla, em Maricá. Foto: Wanderson Gomes

No total, 26 atletas foram selecionados – todos oriundos do Trops, escolinha de futebol de Niterói; do Niterói Futebol Clube, time amador da cidade; do Centro de Treinamento Marco Antonio, projeto social de Itaboraí; e do Wetzla, projeto de futebol de Maricá. Eles farão uma semana de treinamentos em Goiânia, junto à comissão técnica e elenco das categorias correspondentes às suas idades. Todos os escolhidos são nascidos entre 2004 e 2009.

“Levando em consideração a falta de incentivo público e privado a projetos esportivos da Região Metropolitana, decidi recompensar, ajudar e incentivar gerando uma oportunidade em um clube de Série A, o Atlético-GO, meu clube parceiro, que se propôs a realizar a captação aqui no Rio para os jovens atletas”

João Victor Proetti, empresário