Família perde tudo em incêndio na Zona Sul de Niterói e precisa de ajuda

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
A família teve perda total dos bens durante o incêndio na noite desta sexta-feira (10). Foto: Colaboração – Associação de Moradores do Morro do Preventório

Um incêndio destruiu a casa de uma família no Morro do Preventório, em Charitas, Zona Sul de Niterói. Os quatro cômodos do imóvel alugado foram atingidos pelas chamas, causando perda total dos bens.

O fogo aconteceu na noite desta sexta-feira (10), após um problema na fiação do quarto, segundo informou o Corpo de Bombeiros à proprietária Nathalia da Silva, de 26 anos, que morava no local com os três filhos pequenos.

De acordo com o Quartel de Charitas, o acionamento ocorreu às 19h58. No local, foi realizado o combate às chamas. Ninguém se feriu.

Apesar da rapidez dos bombeiros, diz Nathalia, já era tarde demais para recuperar tudo o que ela tinha. As chamas consumiram as paredes, os móveis e eletrodomésticos.

“O bombeiro disse que por conta da fiação, pode ter saído alguma faísca e caído em cima da cama. Perdemos tudo: roupa, celular, guarda-roupa, sofá, televisão, geladeira, todos os documentos: identidade, cartões do Bolsa Família e Renda Básica, certidão de nascimento, carteiras de vacina. Eu não sei dizer o valor total de prejuízo, mas era muita coisa boa”, lamentou.

Nathália relata que o filho Samuel, de 3 anos, dormia no sofá da sala com o irmão Davi Luiz, de 6. Eles acordaram coçando os olhos e alertando a mãe sobre a fumaça no quarto. Antes da fatalidade, a responsável pelo lar conta que tinha tirado o bebê de 8 meses da cama e levado para a casa da madrinha, que mora perto da família.

“Foi a minha sorte. Deus me livre se eu tivesse deixado o Heitor na cama. Hoje o meu filho não estaria mais aqui. E amanhã ele completa 9 meses”, contou emocionada.

Ela explicou como ficou sabendo do incêndio pelos filhos.

“Eu tinha acabado de entrar no banheiro para lavar a cabeça quando os meus outros filhos me avisaram. Eu não estava sentindo o cheiro por conta da química que estava no meu cabelo. Quando eu abri a porta eu só vi a fumaça do quarto vindo. As luzes já tinham apagado, meus filhos não estavam conseguindo respirar direito, foi um desespero. Eu saí de toalha e levei as crianças para a madrinha deles, fiz nebulização neles. Os vizinhos ajudaram muito. Tentaram entrar para poder apagar o fogo”, continuou.

O pequeno Davi Luiz, que completa 7 anos neste domingo (12), viu o fogo consumir a sua casa. Triste, ele perguntou a mãe quando terá uma nova.

“O mais velho ficou pensando e perguntando se vai para alguma casa nova. Ele faz aniversário amanhã. Eu planejei fazer uma festa. Agora, vamos fazer o possível para não passar em branco. Nem que seja um bolinho com uma bola”, disse Nathália.

A dona de casa agradeceu a ajuda que teve dos vizinhos, antes da chegada dos bombeiros. Ela disse que nesta madrugada de sábado (11) dormiu na casa da irmã, que é vizinha, junto com dois filhos. Um deles ficou na casa do pai.

“Todo mundo me deu uma palavra positiva. Eu nem fiquei preocupada com as coisas, mas fiquei preocupada com os meus filhos. Agora é cabeça erguida, seguir em frente, quem caiu levanta. Se vier uma proposta de emprego seria muito bom. Quero trabalhar, tentar recuperar as coisas. Vou ver se arrumo outra casa também”, finaliza.

Trabalhando com vendas de lingerie, por conta própria, há cerca de dois meses, Nathália agora precisa de ajuda para recomeçar. Os itens principais são cestas básicas, além de televisão, cama e geladeira, disse ela.

“O fogão eu já arrumei. Já ganhei uma cesta básica também. Mas toda ajuda é bem-vinda”, acrescenta.

O telefone de contato é o (21) 97257-0743 (Falar com Nathalia ou Liliane).