Maricá confirma vaga no tribunal e pode garantir lugar em competição nacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Lelê é um dos destaques do Maricá na temporada. Foto: Jhonatan Jeferson

O Maricá está nas semifinais da Copa Rio. A vaga foi garantida fora de campo – já que, nesta quarta-feira (13), o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro decidiu pela exclusão do Sampaio Corrêa-RJ após a escalação irregular de um jogador.

Inicialmente, o TJD-RJ havia excluído o Sampaio, adversário do Maricá nas quartas de final, e recolocado o Volta Redonda – eliminado pela equipe de Saquarema nas oitavas. No entanto, após pleito da diretoria maricaense, alegando que a primeira partida das quartas já havia sido disputada, a Justiça entendeu que não fazia sentido reinserir o Voltaço – classificando, assim, o Tsunami da Região Oceânica de forma direta.

O adversário na semi será o Madureira. Nesta quinta-feira (14), a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro definiu as datas dos confrontos para o próximo sábado (16), no Alzirão, em Itaboraí, e a próxima quarta-feira (20), em Conselheiro Galvão, em Madureira. As duas partidas acontecerão às 15h.

Quem passar encara na final o Pérolas Negras – a grande sensação da temporada “alternativa” até aqui. A equipe de Resende, que disputa a Série B1 do Estadual, eliminou o Americano por 4 a 3 no agregado na semifinal da Copa Rio e também está garantido na decisão da Taça Maracanã, o primeiro turno da terceira divisão do Campeonato Carioca.

Os dois finalistas da Copa Rio garantem vaga em uma competição nacional; o campeão escolhe entre um lugar na Série D do Campeonato Brasileiro ou um posto na Copa do Brasil. O vice fica com a opção que restar. O Madureira, que disputa a elite estadual, também disputou a Série D – ficando em último lugar do Grupo 7. Já o Maricá, que disputa a Série A2 do Carioca, sonha com a final para disputar seu primeiro torneio nacional.