Motoristas na mira do Detran e do Segurança Presente em Niterói

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
O objetivo é coibir, principalmente, motos com irregularidades, com canos de descarga livre, sem placas, com placas encobertas, entre outras irregularidades. Foto: Divulgação/Detran

Cinquenta e oito autuações de trânsito foram registradas pelo Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran) ao longo desta manhã de quarta-feira (13), na Avenida Ewerton da Costa Xavier, entre os bairros Badu e Pendotiba, na Região Oceânica de Niterói.

Equipes do departamento de trânsito realizaram 23 encaminhamentos para posto de vistoria entre às 9h e 12h. Ao todo três CRLVs (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) foram recolhidas pelas equipes no mesmo período.

Segundo o Detran RJ, 76 pessoas foram abordadas e revistadas. Cerca de 55 motocicletas/carros foram abordados. Não houve registro de apreensões de motos.

A ação faz parte de uma parceria com a Operação Lei Seca e o Segurança Presente de Niterói, firmada na última semana. Juntas, as frentes realizam operações de fiscalização na região de Niterói.

O objetivo é coibir, principalmente, motos com irregularidades, com canos de descarga livre, sem placas, com placas encobertas, entre outras irregularidades.

Durante as ações são utilizados drones para mapear o local e acompanhar a movimentação desses veículos na região.

As imagens gravadas pelos equipamentos também podem ser usadas para comprovar práticas criminosas de motociclistas, assim como já acontece nas operações para identificar veículos em excesso de velocidade e fazendo pegas.

Os drones são disponibilizados para o Detran pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Governo do Estado e começaram a ser utilizados em operações do departamento em maio deste ano.