Niterói abre processo de recadastramento de servidores do município

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Processo estará disponível até o dia 24 de dezembro. Foto: Douglas Macedo / Divulgação Ascom

A Prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Administração, iniciou nesta quinta-feira (25) o processo de recadastramento dos servidores do município. Os funcionários ativos, aposentados e pensionista da Administração Direta, Autarquias, Fundações, e os empregados das empresas públicas e sociedade de economia mista da Prefeitura de Niterói, têm até o dia 24 de dezembro para realizar o seu recadastramento.

O novo cadastro atenderá o decreto municipal nº 14.210/2021, do dia 20 de novembro, que determina que é uma obrigação legal a atualização dos dados funcionais por conta da implantação do eSocial, que é o sistema de registro, criado para facilitar a administração de informações relativas aos servidores de forma padronizada e simplificada.

Os resultados serão encaminhados à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão para identificação de eventuais áreas onde se faça necessária a realização de concurso público para aumentar a eficiência da prestação dos serviços públicos.

O servidor que tiver dúvida ou qualquer dificuldade para realizar o recadastramento poderá se dirigir ao núcleo de pessoas da sua secretaria de origem, que já foi devidamente capacitado, ou ao posto de auxílio ao recadastramento, disponibilizado pela Secretaria de Administração, no auditório da Prefeitura de Niterói, localizado no 9º andar da Rua Visconde de Sepetiba, nº 987, Centro/Niterói.

O cadastramento também está disponível na internet.

Para p secretário Municipal de Administração, Luiz Vieira, o recadastramento é fundamental para uniformizar o cadastro; realizar estudo atuarial; preparar registro de pessoas para unificação do sistema de gestão de recursos humanos do Município; traçar políticas de valorização e capacitação dos servidores e empregados públicos e implantar o banco de talentos; estudar a realocação de servidores e empregados públicos para que haja melhor distribuição de recursos humanos no âmbito do Município.

“O cadastro é importante para termos a base para nos planejar dentro de uma política de valorização e aproximação com o funcionalismo”, comentou o secretário.