Obras de contenção seguem sem previsão de conclusão na Barra de Maricá

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
As intervenções iniciaram em julho deste ano. Foto: Vitor Soares

As obras de contenção do calçadão da Praia da Barra de Maricá, que acontecem na altura da Rua 10, ainda não tem previsão de término, segundo a autarquia Serviço de Obras de Maricá (SOMAR). As intervenções foram iniciadas em julho deste ano, após a ressaca do mar destruir parte do local.

De acordo com a prefeitura, a ressaca destruiu três decks de acesso à praia, além de ter desabado parte do canteiro da Avenida Litorânea. No mesmo mês em que isso aconteceu, a SOMAR interditou parte da avenida entre as ruas 9 e 10, por risco de desabamento. No entanto, até esta quarta-feira (13), a rua segue interditada e as obras não têm previsão de conclusão.

Um morador da localidade, João Abreu, de 45 anos, afirmou que essa não foi a primeira vez que ressacas destruíram orlas da cidade.

“Quando tem ressaca o mar aqui vem com força total! Dessa última vez eu lembro que pedaços de madeira foram encontrados até no canal da Barra. Nesta quarta mesmo o mar está revolto, não dá nem para entrar… Acredito que isso deve estar prejudicando as obras. A gente até sente falta desse pedaço, eu achava que seria uma obra mais rápida, mas nossa segurança deve vir em primeiro lugar, não dá pra brincar com a natureza”, informou.

Em nota, a prefeitura explica que as obras de contenção estão sendo feitas de forma cautelosa porque o transporte das grandes pedras colocadas no local é feito em pequenas quantidades.

O Executivo esclareceu ainda que a área atingida é justamente a que não continha as pedras para proteger as ruas e a falta de precisão exata para o término das obras ocorre devido ao mau tempo.