Supercopa da Espanha põe frente a frente dois vice-campeões; entenda

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Formato da competição foi alterado em 2019. Foto: Divulgação

A Supercopa da Espanha será disputada entre Real Madrid e Athletic Club de Bilbao no próximo domingo (16), às 15h30, no King Fahd Stadium, na Arábia Saudita. Chama a atenção, no entanto, o fato de que nenhuma dessas duas equipes foi campeã de uma competição nacional na temporada anterior, ferindo o princípio do torneio. O mesmo aconteceu em duas outras edições do torneio com este formato.

O nova fórmula de disputa desta competição envolve quatro times: o campeão e vice de La Liga e o campeão e vice da Copa do Rei. Os confrontos acontecem com o cruzamento do vencedor de um torneio com o vice do outro. Os dois vencedores disputam a final da Supercopa da Espanha.

Neste ano, o Real Madrid (vice do Campeonato Espanhol) derrotou o Barcelona (campeão da Copa do Rei), e o Athletic (vice da Copa do Rei) derrotou o Atlético de Madrid (campeão do Campeonato Espanhol). O resultado disso é que a definição do ”Super Campeão” espanhol deste ano será entre dois times que não foram campeões de nada.

A presença de três datas de jogos no lugar de uma traz um grande benefício financeiro para a Real Federação Espanhol de Futebol e, consequentemente, para os clubes.

Reincidência e perda da tradição

Em 2019, primeiro ano deste novo formato, a final foi disputada entre Atlético de Madrid (2º colocado em La Liga) e Real Madrid (3º colocado). Abriu-se mais uma vaga já que o Barcelona havia ocupado a posição de campeão espanhol na temporada anterior e também a de vice-campeão da Copa do Rei. Na ocasião, o Real se sagrou campeão.

Em 2020, a final foi disputada entre o Barcelona (vice-campeão espanhol) e o Athletic Bilbao (vice-campeão da Copa do Rei). O time do País Basco levou o título nesta oportunidade.

Outros países

O formato mais comum de uma supercopa em diversos países é colocar frente a frente os vencedores do campeonato e da copa nacional. A ideia de um confronto entre os dois ganhadores destes torneios é, justamente, o que dá sentido ao nome de ”super”.

Esse formato é utilizado na Alemanha, França, Inglaterra e Itália, que são os outros países europeus que fazem parte das ”cinco grandes ligas”. O Brasil também possui a ”Super Copa do Brasil”. A competição foi disputada no país no biênio 1990-1991 e voltou a ser jogada em 2020.

Brasil tem asterisco em 2022

Na última temporada do futebol brasileiro, o Atlético-MG se sagrou campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Para haver uma Supercopa do Brasil em 2022, será feita a disputa entre Galo e Flamengo, vice-campeão do Brasileirão.