‘Tivemos um Enem seguro’, diz ministro da Educação sobre balanço do exame

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Milton Ribeiro disse que o número de estudantes que compareceram ao exame foi muito parecido ao último concurso e minimizou os problemas sobre possíveis interferências Foto: reprodução

O ministro da Educação Milton Ribeiro classificou como positivo o saldo do primeiro dia de provas do Enem, neste domingo (21), em todo o Brasil. Ele disse que o número de estudantes que compareceram ao exame foi muito parecido ao último concurso e minimizou os problemas sobre possíveis interferências do Governo Federal.

“O mais importante não é o número de inscritos, mas quem realmente veio fazer a prova. Embora tivéssemos tido um número menor de inscritos e muitos alegaram problemas de segurança, tivemos um ano e meio sem aulas, e o MEC nunca se furtou em dar o suporte e elas”, disse o ministro.

Ribeiro ainda reconheceu o número baixo de inscritos, menores que em anos anteriores, mas que o exame foi um sucesso tendo 26% de abstenções e 64% de presença.

“O Enem foi um sucesso e estamos preparando para o próximo domingo. Tivemos apenas 26% de abstenção e 64% de presença. Estamos preparando o exame para o próximo domingo”, concluiu.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), realiza coletiva para comentar as principais estatísticas deste primeiro dia de provas do Enem 2021. Participam da coletiva o ministro da Educação, Milton Ribeiro e o presidente do Inep, Danilo Dupas.

Nesse primeiro dia, os candidatos responderam a questões objetivas de linguagens e ciências humanas, além de fazer a única prova subjetiva da avaliação, a redação. O tema deste ano foi “Invisibilidade e Registro Civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.

A previsão era de que 3,1 milhões de candidatos fizessem o exame em mais 1,7 mil municípios. Os portões abriram  às 12h e fecharam às 13h. Os estudantes puderam sair do local de provas às 15h30 sem o caderno de questões e às 18h30 com o caderno.