Esportes

Árbitro de vídeo chegará para a Série B ainda este ano, diz dirigente

Imagem ilustrativa da imagem Árbitro de vídeo chegará para a Série B ainda este ano, diz dirigente
Árbitro de vídeo tem sido decisivo na Série A do Brasileirão. Foto: Divulgação

Já implantado pela Confederação Brasileira de Futebol na Série A do Campeonato Brasileiro, o árbitro de vídeo, popularizado como VAR, deve chegar também na segunda divisão nacional. É o que disse Francisco Battistotti, presidente do Avaí, nesta sexta-feira (16), em entrevista ao programa "Marcou no Esporte".

Além do clube catarinense, Francisco também é presidente da Associação de Clubes de Futebol Profisional de Santa Catarina. A informação também foi confirmada pelo repórter e comentarista Roberto Alves, da CBN Diário.

"Vamos tentar antecipar para antes do segundo turno. A promessa da CBF, para mim, já retificada quando fui à final da Copa América, foi de que estavam acertando o VAR para o segundo turno", afirmou Battistotti.

A utilização do VAR na Série B já vem sendo cobrada pelos clubes há algum tempo. Com a participação de equipes consideradas "grandes", como Botafogo, Cruzeiro e Vasco, a reclamação ganhou ainda mais repercussão. O Alvinegro, por exemplo, foi prejudicado diretamente na partida contra Sampaio Corrêa, quando a bola ultrapassou a linha do gol e a arbitragem não viu - o que gerou protestos da diretoria contra a CBF.

Francisco comentou também sobre o custo imposto às agremiações para implementar a tecnologia.

"Se a proporção do VAR é 50 mil reais para a Série A, e a proporção de receita da Série B é de 10x menos do que a primeira divisão, também quero reduzir o valor do VAR. Quero reduzir nessa proporção ou que seja de graça", disse.

< Congresso aprova diretrizes para LDO em 2022 Ministro da Saúde critica autonomia de municípios sobre vacinação <