Esportes

Árbitro discute com dirigentes após partida entre Inter e Santos

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro da partida entre Internacional e Santos, ocorrida nesta segunda-feira (22) pelo Campeonato Brasileiro, protagonizou uma cena um tanto quanto constrangedora ao ser flagrado numa discussão quente com o dirigente Rodrigo Caetano, diretor executivo do Inter, no acesso aos vestiários.

Ricardo foi acusado de ter usado ajuda externa para anular um gol da equipe colorada após interromper o jogo por mais de cinco minutos. "Você me respeita", disse o árbitro, aos gritos, apontando para Rodrigo Caetano. A confusão foi relatada na súmula da partida.

"Informo mais que o Sr. Rodrigo Caetano portava um par de muletas e ao proferir tais palavras levantou uma delas em nossa direção. Relato também que após o Sr. Rodrigo Caetano proferir as referidas palavras contra a arbitragem, eu, Ricardo Marques Ribeiro, árbitro da partida, respondi em alto e bom som e repetidas vezes, com as seguintes palavras: "Você me respeita, respeite a minha instituição. Eu nunca faltei com respeito a você. Eu exijo respeito, por favor, respeito".

O jogo entre Inter e Santos, válido pela 30ª rodada da competição nacional, terminou em 2 a 2.

< Maioria das vítimas de trânsito no Rio são jovens do sexo masculino Jogadores do Itaboraí se transferem para o Goytacaz <