Esportes

Brasil avança às semifinais do goalball na Paralimpíada de Tóquio

Imagem ilustrativa da imagem Brasil avança às semifinais do goalball na Paralimpíada de Tóquio
Brasil já venceu Lituânia na primeira fase da competição. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Atual bicampeã mundial (2014 e 2018), a Seleção Brasileira masculina de goalball avançou às semifinais ao derrotar, na manhã nesta terça-feira (31), a Turquia por 9 a 4 em confronto das quartas de final da Paralimpíada de Tóquio. O próximo adversário será a Lituânia na quinta-feira (2), às 5h45, no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade Chiba.

https://twitter.com/cbdvoficial/status/1432679648840794113

Os lituanos são os atuais campeões paralímpicos (Rio 2016). Entretanto, a confiança do Brasil para se classificar à final vem do jogo de estreia em Tóquio 2020, quando os brasileiros golearam os lituanos por 11 a 2. O Brasil busca um ouro inédito na modalidade: no Rio de Janeiro, a seleção foi bronze e em Londres 2012 conquistou a prata.

O primeiro e único revés brasileiro nos Jogos de Tóquio ocorreu após a goleada sobre os lituanos. Na segunda rodada da fase de grupos, o Brasil perdeu para os Estados Unidos por 8 a 6. Contudo, nos dois últimos jogos, assegurou duas vitórias contra Argélia (10 a 4) e Japão (8 a 3).  

O jogo

O jogo começou equilibrado, mas foi o Brasil que conseguiu abrir o placar no mata-mata. Além disso, ainda no primeiro tempo, a seleção verde-amarela ampliou vantagem para 3 a 0.

Na segunda etapa, os brasileiros continuaram agressivos, garantindo no marcador 5 a 0. Os turcos reagiram e conseguiram diminuir a diferença para três pontos (7 a 4). Entretanto, o Brasil voltou a se destacar no confronto, fechando o placar em 9 a 4.

O goleador do jogo foi o brasiliense Leomon Moreno, de 28 anos, que marcou seis gols. Já Parazinho fez três. Do lado da Lituânia, Ekrem Gundogdu balançou quatro vezes a rede dos brasileiros.

Agência Brasil

< Autorizado novo aumento na bandeira tarifária da conta de luz a partir desta quarta Cessão de posse do veículo poderá ser feita por aplicativo <