Esportes

Clubes da Região Metropolitana ocupam três das últimas quatro posições na Série C

Imagem ilustrativa da imagem Clubes da Região Metropolitana ocupam três das últimas quatro posições na Série C
Contratação do goleiro Bruno empolgou torcedores do Atlético. Foto: Jhonatan Jeferson

Os torcedores da Região Metropolitana iniciaram a temporada empolgados para torcer pelos clubes locais. No entanto, meses depois, o panorama não é nada animador. Isto porque três das últimas quatro posições da Série C, a quinta divisão do Campeonato Carioca, são ocupadas por times deste lado da Ponte Rio-Niterói.

Atlético Carioca e Bela Vista, de São Gonçalo, e Itaboraí Profute, não vêm conseguindo bom desempenho dentro da competição. O Alvinegro até chegou a empolgar com algumas vitórias no início do calendário, mas logo despencou na tabela. Já as outras duas equipes não conseguiram figurar na parte de cima da tabela em nenhum momento.

Já o Canto do Rio, de Niterói, a equipe mais tradicional da região, decepcionou os torcedores 'raiz' ao anunciar sua volta às atividades profissionais e, antes do início do Estadual, voltar atrás devido a problemas financeiros causados por obras em seu Centro de Treinamento. A diretoria trabalha forte na reconstrução do local, onde o Cantusca deseja mandar seus jogos, para retomar o projeto de reerguimento em 2022.

Passadas 11 rodadas da abertura da Série C, Belford Roxo e Paduano ocupam, respectivamente, as duas primeiras posições - com 27 pontos ganhos em 10 partidas disputadas. Independente de Macaé e o debutante Império Serrano completam o G4, ambos com 25 pontos - tendo os macaenses uma partida a mais, com 11. Os quatro primeiros colocados vão às semifinais; os dois finalistas garantem vaga na Série B2, a quarta divisão.

Foto: Reprodução

Do lado oposto da tabela, o Bela Vista amarga a lanterna do campeonato com apenas sete pontos em 10 partidas. O Itaboraí Profute vem duas posições à frente, no 12º lugar, com nove pontos - quatro a menos que o Atlético Carioca, 11º classificado. A única exceção dentro dos quatro últimos é o Santa Cruz, 13º lugar com apenas oito pontos. O lado positivo, se é que existe, fica no fato de não existir rebaixamento - já que esta já é a última divisão.

Além do Canto do Rio, o Esporte Clube Resende também desistiu da competição - enquanto o IQSL Brasileirinho foi excluído da Quintona do Carioca após três WO's consecutivos. A seis rodadas do fim, levando em conta o retrospecto das equipes até aqui, é bastante improvável que os clubes metropolitanos reajam em busca da classificação ao mata-mata.

A próxima rodada, a 12ª, tem início no próximo domingo (25). O Bela Vista visita o Santa Cruz, às 10h, no Estádio Leônidas da Silva, em Bonsucesso. O Atlético Carioca recebe o Búzios, na segunda-feira (26), às 15h, no Alzirão, em Itaboraí. Já o Itaboraí Profute soma três pontos automaticamente, já que enfrentaria o Canto do Rio. A partida será marcada como WO.

< Cláudio Castro pretende criar maior programa habitacional do Rio Talita Franceschini confirma estreia em 'Verdades Secretas 2' <