Esportes

Depois de Ronald, Botafogo perde mais um destaque por pelo menos um mês

Imagem ilustrativa da imagem Depois de Ronald, Botafogo perde mais um destaque por pelo menos um mês
Diego sentiu problema no quadril durante a última partida. Foto: Reprodução

Depois da lesão de Ronald, o Botafogo sofreu mais um importante desfalque. Substituído após marcar um gol contra o Vila Nova, no último domingo (22), o atacante Diego Gonçalves foi diagnosticado com uma lesão no quadril e ficará no departamento médico de quatro a seis semanas.

Titular absoluto da equipe de Enderson Moreira, Diego vinha tendo participações decisivas com jogadas, assistências e gols na arrancada de seis vitórias em oito jogos do Alvinegro. Com um problema no ileopsoas esquerdo (músculo do quadril), ele será mais um problema para o treinador na montagem do time.

Isto porque, antes de perder o ponta esquerda, Enderson já havia perdido seu ponta direita - o baixinho Ronald, que precisou operar o tornozelo direito e tem retorno estimado em cerca de 10 semanas. Sem seus dois extremos titulares, é possível que o Botafogo vá ao mercado à procura de reposição.

Caso opte por não contratar novos jogadores, a equipe de General Severiano terá como opções Ênio, Felipe Ferreira e Warley. Os dois últimos, no entanto, têm costume de atuar pelo lado direito - e vêm sendo preteridos pelo meia Marco Antônio. Outra opção seria adiantar o lateral esquerdo Guilherme, que já fez a função em outras ocasiões.

Diego irá perder, pelo menos, os jogos contra Coritiba (dia 27, no Couto Pereira), Remo (dia 4, em Belém), Londrina (dia 11, no Nilton Santos) e muito provavelmente também Náutico (dia 14, 17 ou 18 de setembro, também no Rio de Janeiro).

< Saiba as regras do estacionamento rotativo em São Gonçalo Em busca de reforços, Vasco mira zagueiro não utilizado pelo Cuiabá na Série A <