Atlético-MG

Hulk encerra jejum e se torna o maior artilheiro na Libertadores

Atleta marca nome na história do clube

O Atlético-MG de Hulk volta a enfrentar o Palmeiras pelo jogo de volta na próxima quarta-feira
O Atlético-MG de Hulk volta a enfrentar o Palmeiras pelo jogo de volta na próxima quarta-feira |  Foto: Pedro Souza/Atlético
 

Apesar do Atlético-MG ter deixado escapar a vitória sobre o Palmeiras, o atacante Hulk marcou seu nome na história do clube na noite desta quarta-feira (3). O jogador não só encerrou um jejum de cinco jogos sem balançar as redes, como se tornou o maior artilheiro do Galo na história da Copa Libertadores.

Com o gol de pênalti marcado contra o Verdão, na primeira etapa do jogo no Mineirão, o atleta chegou aos 12 tentos pela equipe na competição, tendo participado de 21 partidas. O duelo era válido pela ida das quartas de final da atual edição do torneio.

Desta forma, ele deixou para trás o atacante Jô, campeão pelo time mineiro em 2013, que soma 11 gols. Na sequência, quem aparece é o meia Guilherme, com nove tentos, seguido por Cazares, com oito, Lucas Pratto, com sete, Diego Tardelli e Fred, com seis, e Ricardo Oliveira e Ronaldinho Gaúcho, com cinco.

O último gol de Hulk pela equipe aconteceu há quase um mês, justamente em um jogo de Libertadores, em confronto diante do Emelec. Na oportunidade o atacante também converteu uma penalidade, que classificou o Galo às quartas de final, no Mineirão.

Agora, o Atlético-MG de Hulk volta a enfrentar o Palmeiras pelo jogo de volta na próxima quarta-feira (10), às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque. Antes, eles possuem compromisso com o Athletico-PR, neste domingo (7), pelo Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

< Horário de ônibus ampliado no fim de semana em Maricá <