Esportes

Outubro traz grande destaque para brasileiros no Ultimate Fighting Championship

Imagem ilustrativa da imagem Outubro traz grande destaque para brasileiros no Ultimate Fighting Championship
Glover Teixeira luta pelo cinturão. Foto: Rede Social

Outubro promete grandes lutas no UFC, sobretudo para atletas brasileiros. Neste mês, Thiago 'Marreta', Johnny Walker, Alex Oliveira, Matheus Nicolau, Carlos Felipe, Bruno Silva, Paulo "Borrachinha" e Glover Teixeira irão representar as cores verde e amarela na maior franquia de lutas do mundo. Todos os confrontos, com exceção do de Glover, acontecerão no UFC Apex, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Tudo começa no próximo sábado (2), quando 'Marreta' encara Walker no evento principal do UFC Fight Night. O primeiro busca se recuperar na categoria dos meio-pesados, enquanto o segundo vem de vitória e quer seguir crescendo na categoria. No mesmo dia, Alex Oliveira enfrenta Niko Price pelos pesos meio-médio.

No dia 9 de outubro, Matheus Nicolau enfrenta Tim Elliott pelo peso-mosca no card principal do "UFC Fight Night Dern vs. Rodriguez". O norte-americano vem de uma sequência de duas vitórias e promete ser uma pedra no sapato do lutador brasileiro.

Uma semana depois, no dia 16, dentro do "Fight Night Holm vs. Dumont", Bruno Silva pisa no octógono para ficar frente a frente com o estadunidense Andrew Sanchez. O brasileiro quer mais um triunfo para embalar na categoria dos médios.

Já no "UFC Fight Night" do dia 23 de outubro, Paulo ''Borrachinha'' enfrenta o italiano Marvin Vettori. Borrachinha teve um início fenomenal no MMA, com um cartel de 13 vitórias e apenas um derrota. Seu único revés foi na disputa de cinturão contra o nigeriano Israel Adesanya, no dia 26 de setembro do ano passado. O brasileiro, que não luta desde então, quer se recuperar para voltar a disputar o topo da categoria no UFC.

Para finalizar o mês, no dia 30, o veteraníssimo Glover Teixeira, de 41 anos, compete pelo cinturão dos meio-pesados com o polonês Jan Blachowicz. O mineiro vem de uma sequência de cinco vitórias e possui um cartel com 32 êxitos e apenas sete derrotas. A luta rola na Etihad Arena, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

< Passaporte da vacinação ainda sem adesão em Niterói RJ-106 e o trecho da morte entre São Gonçalo e Maricá <