Esportes

Palmeiras e Atlético-MG iniciam duelo por vaga na final da Libertadores

Imagem ilustrativa da imagem Palmeiras e Atlético-MG iniciam duelo por vaga na final da Libertadores
Primeiro jogo entre Palmeiras e Atlético-MG acontece em São Paulo. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Começa nesta terça-feira (21) a briga por um lugar na grande final da Copa Libertadores. Palmeiras e Atlético-MG fazem o jogo de ida no Allianz Parque, em São Paulo, às 21h30.

Atual campeão da competição, o Verdão tenta repetir o feito sob o comando do técnico português Abel Ferreira - já totalmente envolvido nos espíritos brasileiro e palmeirense.

"Para mim o Palmeiras significa um clube único, para mim o Palmeiras significa pressão para ganhar, para mim o Palmeiras significa que não joga só por você, mas por uma legião. E significa que todos os dias temos que provar que merecemos representar esta instituição", declarou.

Do outro lado, o Galo também carrega um treinador que conhece o sabor da vitória na maior competição da América. De volta após quase 10 anos, Cuca quer viver novamente a experiência que o consagrou em 2013. Dentro de campo, o clube tem como referência o atacante Hulk, que marcou sete gols na atual edição do torneio.

"Por mais que tenha experiência, de ter jogado grandes jogos, Copa do Mundo, Liga dos Campeões da Europa, Liga dos Campeões da Ásia, e agora Libertadores, quando chega um jogo como este sempre tem aquele friozinho na barriga, uma ansiedade de o árbitro dar o apito inicial e começar", afirmou.

Disputa paralela

Não é só na Libertadores que Palmeiras e Atlético medem forças. A dupla também ocupa as duas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, disputando ponto a ponto o título dos pontos corridos. O Alvinegro lidera a competição com 45 pontos, enquanto o Alviverde vem logo atrás, com 38.

O cenário demonstra que a briga internacional não é por acaso, já que as duas equipes vêm se firmando como as principais potências do futebol brasileiro - ao lado do Flamengo, que, além de estar na outra chave das semifinais da Libertadores, também marca presença na mesma fase da Copa do Brasil - assim como o Galo.

Em comum entre Palmeiras e Atlético apenas o forte investimento de patrocinadores e investidores - em grande parte torcedores ilustres. Dentro de campo, as equipes adotam posturas bem diferentes. É o duelo entre o equilíbrio verde contra a explosão preta e branca. Duas maneiras de jogar bastante diferentes, mas igualmente eficientes.

O Palmeiras baseia seu jogo em uma defesa sólida, com Weverton, Gustavo Gómez e Patrick de Paula, e uma transição rápida, principalmente com Wesley, Rony e Dudu. Já o Atlético tem a ofensividade como vocação, juntando ótimos laterais, como Guilherme Arana e Guga, ótimos meias, como Nacho Fernández e Zaracho, e uma dupla de peso no ataque, com Hulk e Diego Costa.

Escalações

Como de prache em jogos importantes, as escalações oficiais só serão divulgadas uma hora antes do confronto. No entanto, com base no histórico de ambos os times, é possível esboçar os dois esquadrões para o grande jogo desta terça.

Palmeiras
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Piquerez (Renan); Danilo, Zé Rafael, Raphael Veiga, Dudu; Wesley e Luiz Adriano (Rony).

Atlético-MG
Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso, Dodô (Arana); Jair, Allan, Zaracho, Nacho Fernández; Vargas (Diego Costa) e Hulk.

Arbitragem
Árbitro: Patrício Loustau (ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (ARG) e Gabriel Chade (ARG).
VAR: Mauro Vigliano (ARG)

< PF realiza operação para apurar fraudes no Ministério da Saúde Equipe de Liziane Gutierrez vai processar clínica de estética <