Preocupação

Surto de virose atinge mais de 10 jogadores no Botafogo

Dois deles chegaram a ser hospitalizados

Elenco do Botafogo vem sofrendo muitas baixas na parte física
Elenco do Botafogo vem sofrendo muitas baixas na parte física |  Foto: Vitor Silva/BFR
 

A bruxa está solta no Botafogo. Além dos diversos desfalques por lesão, o elenco acabou atingido por um surto de virose gastrointestinal nos últimos dias. Mais de 10 jogadores foram contaminados, e dois precisaram ser hospitalizados. Membros da comissão técnica também foram afetados.

Os sintomas incluem dor abdominal, vômito, náuseas e diarreia. O problema prejudicou atletas e comissão em graus diferentes, avaliados de moderado a intenso. O meia Carlos Eduardo, que acabou vetado antes da partida contra o Corinthians, e o lateral-esquerdo Hugo, que passou mal após substituir Marçal, foram ao hospital receber medicações e fazer exames, sendo posteriormente liberados.

Saravia, Rafael, Lucas Fernandes e Adryelson também sentiram os sintomas. No entanto, a maioria já conseguiu reunir condições para treinar nesta quarta-feira (3). A tendência é que ninguém seja desfalque por conta da virose no jogo do próximo sábado (6), contra o Ceará, às 16h30, no Estádio Nilton Santos.

Por outro lado, Marçal se juntou à lista de baixas após ser substituído com dores na coxa. Breno, Kayque e Gustavo Sauer também seguem no departamento médico. A expectativa fica por conta de Victor Sá e Diego Gonçalves, ainda em transição, e Victor Cuesta, que vem treinando com máscara protetora após fratura na face.

< Taís Araújo relembra fala racista que ouviu de ator da Globo <