Brutal

Mecânico antes de assassinar ex: 'Já matei o seu pai, agora é você'

Câmera gravou ameaças do acusado, que já está preso

O suspeito pelo crime é o ex-namorado da jovem, um mecânico de 29 anos
O suspeito pelo crime é o ex-namorado da jovem, um mecânico de 29 anos |  Foto: Reprodução

Após assassinar o pai da ex-namorada e segundos antes de assassinar a mulher, o mecânico João Carlos, de 29 anos, preso acusado pelos crimes, foi flagrado empurrando a jovem e pedindo desculpas antes de disparar contra a vítima, que pediu para não matá-la.

Em vídeo obtido em primeira mão pelo portal G1, o atirador respondeu: "Já matei o seu pai, agora é você". Em depoimento na delegacia, o suspeito disse não lembrar do crime.

Leia+: Pai e filha são mortos a tiros por ex-namorado da jovem

Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60 anos e sua filha, Yasmin Santos de Queiroz, de 25 anos, foram baleados e mortos dentro de casa, em Miracatu, no interior de São Paulo, na noite de sábado (11). O suspeito pelo crime é o ex-namorado da jovem, um mecânico de 29 anos.

Segundo relatos da esposa e mãe das vítimas, que presenciou o ocorrido, o ex-namorado da filha arrombou a porta da cozinha e adentrou a residência. O pai foi o primeiro a ser alvejado, enquanto investigava o barulho da porta. Três disparos foram efetuados contra ele.

Em seguida, o agressor dirigiu-se ao quarto onde Yasmin, sua ex-namorada, estava. O autor levou a vítima para o quintal da casa e realizou três disparos contra ela.

Após os ataques, o suspeito fugiu de carro. A esposa e mãe das vítimas, de 54 anos, estava presente durante o ocorrido.

A equipe de resgate enviada ao local constatou o óbito do pai e da filha. O Instituto de Criminalística foi acionado para realizar a perícia no local do crime. A jovem possuía medida protetiva contra o agressor.

O caso foi registrado como feminicídio, violência doméstica e homicídio na Delegacia de Miracatu.

< Morto e ferido em grave acidente entre veículos na Linha Amarela Criminosos invadem subestação de metrô e fazem reféns no Rio <