Cidades

Caos devido à ventania: falta de energia elétrica e queda de árvores em SG e Niterói

Imagem ilustrativa da imagem Caos devido à ventania: falta de energia elétrica e queda de árvores em SG e Niterói
Árvore foi retirada durante a manhã desta quarta (22). Foto: via grupo Enfoco

Os fortes ventos e as chuvas que atingiram os municípios de São Gonçalo e Niterói durante esta terça-feira (21) causaram estragos e dificultaram a vida da população. O Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), no bairro Colubandê, por exemplo, chegou a ficar aproximadamente três horas sem energia, e a queda de uma árvore em uma rua próxima à unidade de saúde impediu o fluxo de veículos.

Em nota, a direção do HEAT informou que nenhum serviço foi afetado devido ao uso de geradores. Já a árvore que caiu está sendo cortada e deve ser retirada do local ainda durante a manhã desta quarta-feira (22). Uma árvore também atingiu dois carros que estavam estacionados na Avenida Presidente Kennedy, próximo ao Batalhão de São Gonçalo.

Além do Colubandê, o bairro Galo Branco, também em São Gonçalo, sofreu com a falta energia elétrica.

"A luz faltou por volta de 15h, lá pelas 17h voltou, mas ficou muito instável, só ligava alguns aparelhos eletrônicos e as lâmpadas. A situação ficou assim até a hora que eu saí de casa, que foi esta quarta-feira (22) às 5h40", informou Victor Hugo Vasconcelos, morador do Galo Branco.

Um segundo morador do Colubandê, Marcos Pereira, relatou que não conseguiu trabalhar devido ao problema.

"A energia é fundamental no meu trabalho. Faço lives de jogos e nessa falta de luz, acabei sendo prejudicado e não pude trabalhar", informou o gamer.

Niterói

Já em Niterói, uma moradora da Rua Lopes Trovão, em Icaraí, informou que ficou sem luz de 15h até as 21h, devido a queda de uma árvore que atingiu um transformador. Bairros como Charitas e Itaipu também sofreram com o problema de falta de energia por mais de cinco horas.

"Um absurdo e falta de respeito. Plena pandemia, pra quem trabalha de home office como meu caso prejuízo é pouco. Coisas estragando na geladeira. Desrespeito total. Luz cara pra um serviço incompetente!" relatou um morador de Itaipu nas redes sociais.

Carros foram atingidos por árvores em São Gonçalo. Foto: via grupo Enfoco

Resposta

Procurada, a Enel informou que segue trabalhando para restabelecer o fornecimento de energia para os clientes afetados pelos fortes ventos que atingiram o Estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira (21), principalmente em São Gonçalo, Macaé, Campos, Niterói e Região dos Lagos.

A empresa esclareceu ainda que em alguns pontos, árvores, galhos e outros objetos caíram sobre a rede elétrica. A companhia triplicou as equipes em campo, que trabalharam durante toda a madrugada e permanecerão atuando ao longo do dia desta quarta (22), para reconstruir os trechos de rede danificados e restabelecer o fornecimento de energia.

Defesa Civil

A Defesa Civil de Niterói informou que não foi acionada para nenhuma ocorrência entre de terça (21) para quarta (22).

"O órgão emitiu, na manhã desta segunda-feira (20), alerta sobre a previsão de ventos moderados a fortes na cidade, devido à aproximação de uma frente fria. O aviso foi estendido até a manhã de quarta-feira (22), com possibilidade de interrupção de energia elétrica e queda de árvore", relataram em nota.

O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói disse ainda que enviará informes conforme necessidade e atualizações. Em caso de emergência, é possível ligar para os telefones 199 ou 2620-0199.

A Defesa Civil de São Gonçalo ainda não respondeu.

Tempo

O meteorologista Wanderson Silva, explicou os fortes ventos:

"A gente tinha a atuação de uma massa de ar quente aqui no Estado do Rio de Janeiro até esta terça-feira. Essa frente fria que chegou avançou muito rápido. O choque entre massas de ar com características diferentes gerou bruscas variações de pressão atmosférica e, consequentemente, provocou as intensas rajadas de vento".

O meteorologista informou ainda que a frente fria já se afastou do estado, mas que ainda há um pouco de umidade vindo do mar em direção ao continente. "Por isso ainda pode chover fraco, isolado e rápido nesta quarta, mas intercalado com períodos de sol entre muitas nuvens".

Colaborou Lislane Rottas

< Maioria de policiais mortos no Rio estava de folga, diz estudo Seguindo política de austeridade, Fluminense formaliza proposta por Daniel Alves <