Imagens

Câmera flagra colisão entre três veículos na BR-101; vídeo

Suspeita é que o caminhão tenha perdido o freio

Câmera que flagrou é de loja em frente onde houve o acidente
Câmera que flagrou é de loja em frente onde houve o acidente |  Foto: Reprodução

Uma câmera de segurança de uma loja de autopeças flagrou o acidente envolvendo um caminhão, um carro e uma moto na Trevo de Manilha, em Itaboraí, sentido Niterói, na tarde desta quinta-feira (6).

Nas imagens, o caminhão aparece descendo a via em alta velocidade, sobe a calçada e bate no carro que está estacionado na calçada. A batida foi tão forte que o carro ficou em “V” no poste. Por sorte, uma pessoa que estava próximo não foi atingida.

Leia +: Colisão entre carro, moto e caminhão deixa feridos na BR-101; vídeo

Segundo Rafael Coutinho, dono da loja de autopeças, a suspeita é que o caminhão tenha perdido o freio. Ainda segundo o comerciante, foi muita sorte não ter tido vítimas graves.

“Foi tudo muito rápido. Eu não estava aqui no momento do acidente, mas meus funcionários começaram a me ligar e me mandar mensagens sobre o acidente. Rapidamente vim para cá e vi o estrago. Felizmente ninguém ficou gravemente ferido. Foi um livramento”, contou.

Um funcionário da loja, que não quis se identificar, também comentou sobre o acidente.

“Eu estava dentro do balcão na hora. Do nada, ouvi um barulho muito forte, tomei um susto. Quando olhei vi o caminhão e o carro todo destruído. Ainda bem que não tinha ninguém dentro desse carro”, relatou.

De acordo com a Arteris Fluminense, concessionária que administra a via, o acidente aconteceu na altura do Km 297. Por conta do acidente, uma faixa da via está interditada e o congestionamento já atinge quatro quilômetros. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma equipe foi acionada ao local. No entanto, as vítimas, que dirigiam o caminhão, recusaram atendimento, já que se feriram levemente. Não foi divulgada a identidade dos feridos.

< Acidente causa engarrafamento de 4 km na BR-101, em SG e Itaboraí Dia D de vacinação contra polio em SG, Maricá e Itaboraí; confira <