Vendas

Mercado Imobiliário no metaverso: futuro promissor

O metaverso poderá ser um novo espaço de vendas

Para o mercado imobiliário, o metaverso poderá ser um novo espaço de vendas e relacionamento com seus clientes.
Para o mercado imobiliário, o metaverso poderá ser um novo espaço de vendas e relacionamento com seus clientes. |  Foto: Arquivo/Enfoco
 

O mundo virtual ganhou espaço no dia a dia da maioria das pessoas nos últimos dois anos. As idas e vindas ficaram restritas com a pandemia, o que nos aproximou ainda mais das telas dos computadores e smartphones. Um mundo paralelo, o metaverso, despontou nesse contexto, despertando o interesse de empresas, que enxergam potencial para negócios nesse ambiente cibernético. Para o mercado imobiliário, o metaverso poderá ser um novo espaço de vendas e relacionamento com seus clientes.

O termo denomina um ambiente virtual imersivo e interativo, que utiliza avatares em 3D e óculos especiais, muito usados em jogos virtuais. Além de incorporar a realidade aumentada, inclui vídeos e outros recursos de comunicação. Mais recente, o metaverso, que não é um conceito novo, passou a ser visto como um espaço para negócios, com potencial lucrativo.

O ambiente oferece possibilidades em diversas áreas como treinamento para empresas, consumo e e-commerce, entre outros. Nesse universo, é possível desenvolver desde peças publicitárias até showrooms de projetos imobiliários.

Chama a atenção o surgimento de um mercado voltado para a compra de terrenos e imóveis virtuais. Mas, tecnicamente, é possível vender imóveis do mundo real utilizando a tecnologia de realidade virtual, que permite uma experiência imersiva, ampliando e muito a experiência das telas de videochamadas

 Os compradores poderão visitar stands de vendas, imóveis e condomínios, com uma experiência hiper-realista, sem sair de casa. Corretores de imóveis, por exemplo, poderão atender seus clientes em salas especiais no metaverso, com a presença virtual do comprador.

Espera-se que os avanços tecnológicos permitam o barateamento dos aparelhos de realidade virtual, aumentando o acesso de mais pessoas. A tecnologia não vai substituir o mundo real, mas poderá ampliar as alternativas de fechar negócios de forma remota.

Ao procurar um imóvel em Niterói, conte com a assessoria e apoio de um associado da ADEMI-Niterói, para assegurar uma jornada com segurança e praticidade desde a escolha do imóvel até a assinatura da aquisição.

< Niterói Vôlei perde no último set contra Uberlândia Jogos Paralímpicos: brasileiros estreiam no jogo de inverno <