Cidades

Saiba o que será proibido em Niterói sem comprovar vacinação

Imagem ilustrativa da imagem Saiba o que será proibido em Niterói sem comprovar vacinação
Comprovar vacinação será prerrogativa para entrar em teatros da cidade. Foto: Vitor Soares

O uso de máscaras pelas ruas de Niterói deixará de ser obrigatório a partir de janeiro de 2022. O plano está na terceira fase do Plano Novo Normal no período pós Covid-19. A informação foi divulgada pela Prefeitura de Niterói na nesta terça-feira (14). Outra novidade ficou por conta da necessidade de comprovar a vacinação contra Covid-19 em cinemas, museus, bibliotecas e salas culturais, já a partir de outubro.

A prefeitua estima que o mês que vem, 70% da população acima de 12 anos já deverá estar vacinada. A medida condicionada é parte do Plano Novo Normal adotado pelo Comitê Científico do município.

O novo decreto com as mudanças será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (15). O plano, entretanto, mantém o uso da máscara e higienização das mãos obrigatórios pelo menos até o início do ano que vem, já que a Região Metropolitana ainda não estará totalmente imunizada.

A partir do próximo mês, praias deixam de ter horário de restrição. Essa será a fase 1 do Plano para retomada à vida normal. Atualmente, os horários livres nas praias eram das 6h às 10h e das 18h às 22h.

"A vacinação foi fundamental para chegarmos nesse novo processo. A população de Niterói está pronta para este novo passo"

Camilla Franco, subsecretária de Saúde

Casa noturna e eventos

Segundo a Secretaria de Saúde, a partir de novembro - durante a fase 2 - não será preciso o uso de máscara para atividade física ao ar livre. Casas noturnas poderão atuar com 80% da capacidade, tanto em locais abertos como nos fechados. Grandes eventos com até 80% da capacidade de público também serão liberados, mediante comprovação do esquema vacinal completo.

Liberação de máscaras

Na fase 3, prevista para janeiro de 2022, a cobertura vacinal atingirá 100% da população acima de 12 anos, com novas medidas de flexibização, dentre elas: a suspensão do uso de máscara em locais abertos, exceto para pessoas pertencentes a grupos de risco para Covid-19.

Também será permitido o funcionamento de casas noturnas, pubs e boates com até 100% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo.

academia de niterói
Academias poderão exigir comprovante de vacinação de alunos. Foto: Vítor Soares

Ao longo das três fases, será recomendado (não obrigatório) apresentar o comprovante de vacinação em espaços como: academias de ginátisca, centros de treinamentos, piscinas e clubes sociais, lojas, além áreas comuns de condomínios e estabelecimentos de saúde públicos e privados.

O Comitê Científico da Prefeitura de Niterói manterá vigilância sobre os indicadores da pandemia do coronavírus e as medidas acima poderão sofrer ajustes, caso necessário.

Niterói já concluiu a imunização contra a Covid-19 em 50,7% da população e até o final do mês chega a 60% da população acima de 12 anos com esquema vacinal completo. A cidade é a primeira do estado a ultrapassar a marca de 50% de população totalmente imunizada e o índice é superior ao alcançado até a última sexta-feira (10) pelos estados brasileiros, segundo a Prefeitura.

< Gabriel Medina é tricampeão Mundial de Surf STF envia processo de Eduardo Cunha para Justiça Eleitoral <