Cidades

Saiba quem pode ser vacinado em São Gonçalo

Com o inicio do período da vacinação contra a Covid-19 em São Gonçalo e a liberação para mais categorias de área da Saúde, frequentes dúvidas estão surgindo sobre quais pessoas realmente estão aptas para receber o imunizante. Aliado a isso, dezenas de pessoas vem se aglomerando em busca de informações em diferentes postos de vacinação do município, como o caos causado na frente do Polo Sanitário do Rio do Ouro, nesta última quarta-feira (3) e a enorme fila registrada nesta quinta (4), no Polo Sanitário Washington Luiz, no Zé Garoto.

Nessa primeira fase de imunização, a prefeitura informou que os seguintes grupos podem se vacinar: idosos acima de 90 anos, médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da Educação Física, médicos veterinários, técnicos e auxiliares de enfermagem, auxiliares e técnicos de saúde bucal.

A administração da cidade ressalta que não é necessário que o profissional esteja vinculado de forma trabalhista a nenhuma unidade de saúde, mas é obrigatório o registro profissional.

De acordo com a Prefeitura de São Gonçalo, para se vacinar os profissionais devem levar a carteira do registro profissional e identidade. Já os idosos precisam apresentar documento de identidade comprovando idade a partir de 90 anos.

Locais

Imagem ilustrativa da imagem Saiba quem pode ser vacinado em São Gonçalo
Apenas dois locais ainda oferecem a vacinação. Foto: Karina Cruz

As vacinas estão disponíveis nos Polos Sanitários Hélio Cruz, em Alcântara; e Washington Luiz, no Zé Garoto. Nos horários de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os imunizantes já esgotaram nas clínicas Dr. Zerbini, no Arsenal e Mutondo e no Polo Sanitário Dr. Augusto Sena, em Rio do Ouro.

Ao todo, São Gonçalo já vacinou 19.641 trabalhadores da saúde, 233 idosos com mais de 90 anos, 1.370 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis) e 67 pessoas de residências terapêuticas.

A prefeitura informou ainda que moradores de outros municípios estão buscando a vacinação nos polos de vacinação de São Gonçalo, o que tem dificultado o processo de imunização no município. O secretário municipal de Saúde, Dr. André Vargas, afirmou que não pode deixar de vacinar essas pessoas, mas que as doses destinadas para o município foram calculadas para atender os moradores de São Gonçalo.

Medidas de prevenção prorrogadas até abril

A Prefeitura de São Gonçalo prorrogou até o dia 30 de abril as medidas de prevenção à transmissão do novo coronavírus no município através do decreto 048/2021, publicado nesta quarta-feira (3). No entanto, todos os estabelecimentos que estão autorizados a funcionar, como comércios, clínicas, academias, salas de cinema e outros, devem seguir regras estabelecidas pelos decretos em vigor.

De acordo com o Executivo continua na fase 1 (amarelo 1 - risco baixo) de contaminação da Covid-19. Todos os indicadores que apontam para este resultado – número de leitos disponíveis, óbitos e contaminação, por exemplo – estiveram em queda durante o mês de janeiro de 2021.

Até o momento, São Gonçalo contabiliza 43.259 casos confirmados, 41.688 curados, 52 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 240 em quarentena domiciliar e 1.279 óbitos confirmados.

< Toffoli vota contra reconhecimento do direito ao esquecimento Ministro da Saúde fala à PF sobre ações contra Covid-19 no Amazonas <