Arcanjo III

Dois presos por posse de imagens com abuso infantil em SG

Objetivo é reprimir compartilhamento das imagens

Agentes também cumpriram dois mandados de busca e apreensão
Agentes também cumpriram dois mandados de busca e apreensão |  Foto: PF
  

Agentes da Polícia Federal (PF) prenderam duas pessoas em flagrante, na manhã desta terça-feira (20), no Alcântara, bairro de São Gonçalo, em uma operação que visava coibir o abuso sexual infantil em São Gonçalo. Os agentes também cumpriram dois mandados de busca e apreensão. 

Segundo a PF, a ação foi batizada de Arcanjo III. Os dois inquéritos policiais do caso foram instaurado em julho deste ano a partir de investigações realizadas pelo Núcleo de Repressão ao Abuso Sexual Infantojuvenil, que identificou, através de ferramentas de investigação, a prática de crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) pelos suspeitos. Foi a partir daí que a polícia chegou nos nomes dos dois acusados, que são naturais de São Gonçalo e não possuíam passagens pela polícia até então.

Os investigados responderão pelos crimes previstos nos artigos 241-A (compartilhar) e 241-B do ECA (possuir) e, se condenados, podem pegar até 10 anos de prisão. Os acusados estão detidos na sede da Polícia Federal localizada no Centro de Niterói. 

Os acusados estão detidos na sede da Polícia Federal localizada no Centro de Niterói
Os acusados estão detidos na sede da Polícia Federal localizada no Centro de Niterói |  Foto: Lucas Alvarenga
 

< Pinscher dançando funk encanta público nas redes sociais Acampamentos clandestinos são retirados em área de mata em Niterói <