Polícia

Emoção no enterro de motorista de aplicativo em São Gonçalo

Imagem ilustrativa da imagem Emoção no enterro de motorista de aplicativo em São Gonçalo
Cerca de 100 pessoas estiveram no sepultamento de Marcos Eduardo. Foto: Vítor Soares

O corpo do motorista de aplicativo Marcos Eduardo da Silva, de 23 anos, morto a tiros durante tentativa de assalto, na madrugada deste sábado (6), no Porto da Pedra, em São Gonçalo, foi sepultado no início da tarde deste domingo (7). Cerca de 100 pessoas, entre amigos e familiares, prestaram as últimas homenagens ao jovem no Cemitério São Miguel.

Durante o velório que aconteceu em uma das capelas em frente ao cemitério, as pessoas que estavam presentes no cerimonial entoaram louvores, entre eles "Sou Humano", da cantora Bruna Karla. Aos prantos, a mãe e o padrasto foram amparados por familiares.

“Que mundo é esse? A pessoa trabalhando e acontecer isso. Eu não desejo o mal dos culpados, mas sim que eles sejam presos para não acontecer com outras pessoas. Que Deus possa tocar no coração dos culpados e eles se arrependam”, disse.

Além de trabalhar como motorista de aplicativo, Marcos Eduardo era apaixonado por música. Ele participava de um reality musical em São Gonçalo.

“Eduardo foi grandioso no programa, ele era um dos destaques. Apesar de falar que tinha medo de se apresentar eu sempre falava que ele era capaz e que iria chegar em outros episódios do programa. Ele foi um ótimo participante”, disse Ygor Rilex, apresentador do programa. 

Raiana das Neves era amiga de Marcos Eduardo há pelo menos dez anos, completamente abalada com o acontecimento ela pediu que a Justiça.  

“Você foi o único candidato a ser aplaudido de pé por todos durante as audições e também o único aplaudido de pé na final do teatro. Conhecemos o Marcos Eduardo em sua melhor versão”, postou a conta do reality Rilex Music, no Instagram

Crime

Segundo a Polícia Militar, policiais do 7º BPM (São Gonçalo) foram acionados para a Avenida Joaquim de Oliveira, no bairro Porto da Pedra, quando os policiais chegaram no local se depararam com o jovem morto a tiros. Testemunhas relataram que dois criminosos armados se aproximaram o veículo e anunciaram o assalto. O motorista tentou fugir, com isso, os criminosos efetuaram diversos disparos, e fugiram em seguida.

Investigação

A Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) abriu inquérito e investiga o caso. Diligências foram iniciadas após o crime. Testemunhas já prestaram depoimentos na sede da especializada.

< Preso com caminhão roubado no Rio do Ouro Avó de Marília Mendonça deixa recado para os fãs da neta: 'acalmem o coração' <