Brutalidade

Gari é assassinada a facadas pelo ex no meio da rua; vídeo é forte

Caso aconteceu em Belford Roxo, na Baixada Fluminense

O caso ocorreu por volta das 6h30, no bairro São Francisco de Assis
O caso ocorreu por volta das 6h30, no bairro São Francisco de Assis |  Foto: Reprodução

A gari Luciene da Silva Queiroz Barreto, de 39 anos, foi assassinada a facadas pelo ex-marido, Eduardo Lima Barreto, enquanto se preparava para iniciar mais um dia de trabalho em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O crime brutal aconteceu na manhã desta sexta-feira (29). 

O caso ocorreu por volta das 6h30, no bairro São Francisco de Assis, quando Luciene, que trabalhava na função há seis meses, acabava de chegar ao local.

Testemunhas relataram que Eduardo desferiu pelo menos três facadas contra a vítima: uma na barriga e duas no tórax, causando ferimentos graves.

Colegas de trabalho da vítima prestaram os primeiros socorros e a levaram às pressas para o Hospital Municipal Jorge Júlio Costa dos Santos. Infelizmente, Luciene não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

Segundo informações do portal G1, Luciene já havia tomado medidas legais para se proteger do ex-companheiro, obtendo três medidas protetivas contra ele. O casal, que tinha uma filha, estava separado há meses, mas o histórico de violência persistiu.

Pessoas que presenciaram o crime reagiram, conseguindo deter Eduardo enquanto ele tentava fugir do local do assassinato. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prendê-lo em flagrante. Na posse do suspeito foram encontradas duas facas, que teriam sido utilizadas no crime.

Eduardo foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, onde foi autuado por feminicídio. A Prefeitura de Belford Roxo emitiu uma nota lamentando profundamente a perda de Luciene, expressando solidariedade à família enlutada e exigindo que a justiça seja feita com celeridade.

< Arapuca! Exposição reflete sobre relações e a vida moderna Anitta leva dançarinos de Niterói para turnê mundial; fotos <