Jonny Salles

Uber lança recurso que pode estimular cancelamentos

Imagem ilustrativa da imagem Uber lança recurso que pode estimular cancelamentos
Nova modalidade será mais cara para o consumidor e mais lucrativa para o motorista. Foto: Lucas benevides

Você, provavelmente, já passou pela péssima situação de pedir um Uber e ter a corrida cancelada mais de uma vez, além de ser constantemente questionado por motoristas sobre o destino. Porém, a empresa de transporte por aplicativo promete mudar isso com um novo recurso, é 'a corrida prioritária'. Acontece que a novidade vai pesar ainda mais no bolso do passageiro.

Segundo a Uber, a viagem de prioridade garantirá uma corrida mais rápida para quem pede. Isso porque o passageiro poderá selecionar a opção quando estiver com pressa e não quiser passar pelo risco do motorista cancelar a corrida. A modalidade visa combater os constantes cancelamentos que os motoristas têm feito, além de pedidos para que o cliente informe para onde deseja ir, algo que não é critério a ser levado em consideração para a viagem, de acordo com os próprios termos de serviço da empresa.

Estimulo para o cancelamento

Quem optar pela nova modalidade deverá pagar, em média, 20% a mais do que o UberX. Entretanto, ainda não foram divulgados detalhes de quanto os motoristas lucrarão com a viagem prioritária.

A 'solução' apresentada pela empresa também pretende ajudar os motoristas com as constantes altas de combustíveis, mas, infelizmente, pode tornar a prática do cancelamento um ciclo vicioso, obrigando passageiros selecionarem a opção de prioridade — mais cara que a tradicional — ou esperar um bom tempo até que algum motorista decida aceitar a corrida nas outras modalidades mais baratas.

Por enquanto, a opção de prioridade, que entrou em vigor nesta quinta-feira (14), está disponível apenas para três cidades, onde a espera por corridas são maiores: Campinas (SP), Curitiba (PR) e Belém (PA). Caso a modalidade seja bem sucedida, a Uber pretende expandir o serviço para as demais localidades brasileiras.

Prioritário

Para ter acesso às viagens prioritárias não é necessário baixar nenhum aplicativo além do Uber, já que a opção aparecerá automaticamente quando estiver disponível na região. Ademais, a nova modalidade também acompanhará a necessidade da região, acompanhando a dinâmica de movimentação da cidade.

A pergunta que fica é: a viagem prioritária irá sanar um problema e ajudar a todos? Ou alimentará um hábito que infelizmente prejudica a qualidade do serviço?

De qualquer forma, vamos acompanhar as novidades desse serviço que chegou ao Brasil em 2014 com a proposta de ser diferenciado e superior ao Táxi, porém, aos poucos, por vários motivos, tem se tornado cada vez mais parecido com o rival que visava combater, fazendo com que os consumidores façam constantes reclamações e procurem algum outro aplicativo que lhe sirva melhor.

Formado em Letras (Português-Literatura) pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Jonny Salles, é aficionado pelo mundo nerd.

< Sem gelada e sem refri para bandidos em São Gonçalo Covid-19: estudo aponta menor número de casos no Estado desde julho de 2020 <