Mercado Imobiliário

Brasil se destaca na produção de cimento verde

O cimento é um dos produtos mais utilizados no mundo

Empresas do mercado imobiliário tem buscado novas tecnologias para as obras
Empresas do mercado imobiliário tem buscado novas tecnologias para as obras |  Foto: Agência Brasil
 

Ações e projetos para preservar o meio ambiente têm sido um dos principais desafios das construtoras e incorporadoras do mercado imobiliário no país nos últimos tempos. Isso tem levado as empresas do setor a buscarem novas tecnologias e materiais sustentáveis para todas as fases da obra.

Na cadeia de insumos, por exemplo, a indústria brasileira de cimento se destaca no cenário internacional como uma das mais bem posicionadas em termos de baixa emissão de carbono e de eficiência energética, como reconhecido pela Agência Internacional de Energia. Outro avanço é o desenvolvimento do cimento verde, em fase de teste, mas que já se destaca como referência mundial.

A questão climática bateu à porta e a indústria brasileira vem investindo nas últimas décadas na produção de cimento com menos emissão de dióxido de carbono (CO2). A meta do setor é reduzir em cerca de 35% as emissões da indústria até 2050.

Frente às novas tecnologias, o cimento ganhou uma versão ecológica no país, que vem buscando intensificar o uso de matérias-primas e combustíveis alternativos, com redução do consumo energético e das emissões no processo de produção.

O cimento é um dos produtos mais utilizados no mundo. É matéria-prima para o concreto, blocos e argamassas, entre outros, empregados em todos os tipos de obras, mas é poluente no processo de fabricação. E esse é um problema que vem sendo enfrentado globalmente.

Para substituir o coque de petróleo, por exemplo, combustível para aquecimento das caldeiras, outras fontes de energia são usadas na indústria nacional, como pneus, resíduos de tintas, restos de madeira, caroço de açaí e de azeitona, com redução no impacto nas emissões de CO2 para a atmosfera.

A construção de imóveis exige cada vez mais projetos que preservem recursos naturais nas obras, com economia de água e energia, uso racional dos materiais com redução de rejeitos, entre outras soluções sustentáveis.

Para quem procura um imóvel em Niterói, o primeiro passo para realizar a compra com segurança e comodidade é procurar a assessoria de um dos associados da ADEMI-Niterói para contar com uma consultoria especializada, adequada às necessidades do cliente, com orientação em todas as fases, até o fechamento da compra, com a assinatura final do contrato.

Richard Sonsol - Mercado Imobiliário

Richard Sonsol - Mercado Imobiliário

Presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Niterói (Ademi), Richard Sonsol é formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e manager da Bacos Construtora.

< Tensão no Complexo do Alemão com presença reforçada da polícia Ladrão em fuga invade loja e é agredido por populares em SG <