Esportes

Buscando recuperação, Flamengo encara Olimpia pela Libertadores

Imagem ilustrativa da imagem Buscando recuperação, Flamengo encara Olimpia pela Libertadores
Delegação do Fla desembarcou no Paraguai na terça-feira (10). Foto: Alexandre Vidal/CRF

Não há tempo para lamentar. Apenas três dias após ser goleado pelo Internacional no Maracanã pelo Brasileirão, o Flamengo volta a campo nesta quarta-feira (11), às 19h15, desta vez no Paraguai - mais precisamente no Estádio Manuel Ferreira, para encarar o Olimpia. A partida é válida pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

O objetivo do Rubro-Negro, além de conseguir um bom resultado, é recuperar o ótimo futebol demonstrado desde a chegada do técnico Renato Gaúcho. A boa fase acabou interrompida pelos 4 a 0 impostos pelo Inter de Diego Aguirre no torneio nacional; agora, a equipe tem a chance de provar que a goleada sofrida em casa foi apenas um acidente de percurso no início de caminhada de Portaluppi.

Para isso, o Fla precisará quebrar um incômodo tabu: não derrotar o adversário fora de casa desde 2001, em jogo válido pela extinta Copa Mercosul. No total, são 14 confrontos entre os clubes por competições oficiais - sendo cinco vitórias rubro-negras contra quatro dos alvinegros, além de cinco empates. Nesta quarta, os mandantes terão presença de cerca de duas mil pessoas nas arquibancadas, somente liberadas mediante apresentação de teste negativado para Covid-19.

Escalações

O time paraguaio tem dois desfalques confirmados e outras duas dúvidas. Enquanto Alejando Silva e Isidro Pitta estão fora, a dupla de zagueiros Luis Cáceres e Antolín Alcaraz farão testes físicos no vestiário para saber se terão condições de jogo - mas as chances são vistas com pessimismo.

Desta forma, a equipe comandada por Sergio Orteman deve ir a campo com Aguilar; Salazar, Salcedo, Ortiz e Torres; Ramón Sosa, Edgardo Orzusa, Brian Ojeda e Derlis González; Walter González e Roque Santa Cruz.

Já o Flamengo, apesar da derrota acachapante na última partida, deve repetir a sua escalação. Ainda sem poder contar com Rodrigo Caio, Renato Gaúcho só terá desfalque no banco de reservas: o atacante Pedro, que torceu o pé durante o confronto com o Internacional, não será relacionado para o duelo.

Assim, o Rubro-Negro está escalada com Diego Alves, Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

< Covid-19: Brasil atinge marca de 570 infectados pela variante Delta 'Braço direito' de chefe do tráfico do Salgueiro é preso em SG <