Esportes

Flamengo usa reservas, leva gol aos 50 do segundo tempo e tropeça no Brasileiro

Imagem ilustrativa da imagem Flamengo usa reservas, leva gol aos 50 do segundo tempo e tropeça no Brasileiro
Bruno Henrique foi um dos poucos titulares em campo pelo Flamengo. Foto: Marcelo Cortes/CRF

O Flamengo voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro neste domingo (26). Os rubro-negros empataram por 1 a 1 com o América-MG, no Independência. Com o resultado, os cariocas chegaram a 35 pontos. Já os mineiros foram para 24.

O Flamengo sofreu com o calor em Belo Horizonte. Com isso, os rubro-negros pouco produziram no primeiro tempo. Na segunda etapa, os gols aconteceram nos minutos finais. Os visitantes conseguiram marcar com Michael, mas permitiram a igualdade do América-MG, com Alê.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Athletico, no domingo (3), no Maracanã. Já o América-MG entra em campo no sábado (2), contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

O jogo

O duelo começou movimentado, com as duas equipes voltadas para o ataque. A primeira chance aconteceu aos sete minutos, quando Bruno Henrique percebeu o goleiro adiantado e tentou por cobertura. Só que Matheus Cavichioli conseguiu se recuperar para impedir a abertura do placar.

O confronto seguiu com o mesmo panorama. O América-MG conseguiu chegar com perigo aos 22 minutos. Ademir fez boa jogada pela direita e tocou para Marlon na área. No entanto, o lateral esquerdo mandou longe do gol.

Na parte final, o jogo caiu em rendimento. Com isso, a igualdade se manteve até o intervalo.

No segundo tempo, o América-MG voltou com uma postura mais ofensiva. Só que a primeira boa chance aconteceu somente aos 14 minutos. Felipe Azevedo entrou na área e chutou cruzado, mas para fora.

O Flamengo melhorou com o passar do tempo. No entanto, os rubro-negros pecavam nas finalizações. Bruno Henrique e Pedro chutaram em cima de Matheus Cavichioli.

O confronto ficou aberto nos minutos finais. O América-MG tentava avançar, mas viu o Flamengo aproveitar os espaços chegar com perigo nos contra-ataques. Aos 43 minutos, em troca de passes rápida, Pedro deixou para Michael finalizar na saída de Matheus Cavichioli.

Só que, nos acréscimos, o América-MG pressionou e foi premiado com a igualdade aos 49 minutos, com Alê. O meia aproveitou cruzamento e cabeceou para a rede.

Gazeta Esportiva

< Agressores de mulheres são presos em Maricá Papai e mamãe na área! Nasce primeira filha de Léo Santana e Lore Improta <