Esportes

Paris Saint-Germain vence Manchester City com gol relâmpago e primeiro de Messi

Imagem ilustrativa da imagem Paris Saint-Germain vence Manchester City com gol relâmpago e primeiro de Messi
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Paris Saint-Germain não jogou bem nesta terça-feira (28), mas foi letal diante da meta adversária e contou com grande atuação do goleiro Donnarumma para vencer o Manchester City por 2 a 0, gols de Gueye e Messi, pela segunda rodada da fase de grupos da Champions League.

O jogo correspondeu às expectativas de bom futebol logo cedo. Com muita intensidade desde os minutos iniciais, as duas equipes travavam duelo pela posse de bola. No entanto, foi o PSG que deu às caras logo cedo e, aos 7 minutos, Mbappé foi acionado na ponta direita, cruzou na área, Neymar furou e a bola caiu nos pés de Gueye. Ele ajeitou e soltou o pé, acertando na gaveta.

Atrás no placar, o City precisou tomar a iniciativa e passou a ficar mais com a bola. Os parisienses, recheados de estrelas, também mostraram outra faceta: a marcação implacável imposta sobre as principais peças ofensivas do adversário. Verratti e Herrera se desdobravam para segurar nomes como Grealish, Mahrez e De Bruyne.

Com qualidade de sobra em campo, cada movimento precisava ser calculado. Cada erro, por menor que fosse, poderia fazer a diferença. Ao passo que se estudavam, as duas equipes colocavam em prática as filosofias de jogo dos seus treinadores. Um embate intenso, de puro futebol, muito bom de se assistir.

Aos 25, o City perdeu uma chance absolutamente inacreditável. Após lindo cruzamento de trivela de De Bruyne, Sterling cabeceou no travessão e, no rebote, Bernardo Silva, praticamente na linha do gol, pegou embaixo da bola e acertou o travessão novamente. Um dos gols perdidos mais feitos da história!

https://twitter.com/OficialSala12/status/1442934889402142722

O City seguiu pressionando. Aos 27, Donnarumma fez boa defesa em chute de Mahrez. Na sequência, aos 28, Mahrez cruzou da direita e Sterling deixou a bola escapar no domínio. Na velocidade, o volante Herrera cortou para trás e quase marcou contra, mandando para escanteio.

Aos 31, Cancelo recebeu na quina da área e soltou a bomba. O goleiro Donnarumma voou nela e segurou sem dar rebote. O PSG não conseguia respirar e manter a bola em seu campo de ataque. Apesar do gol relâmpago, a equipe francesa pouco jogou e sofria com as rápidas subidas do City - sobretudo pelos lados do campo.

Marcando firme a saída de bola dos parisienses, o time de Guardiola conseguia roubar bolas perigosas no último terço do campo e entrar na área com perigo - mas sem concluir com perigo. Em um contra-ataque rápido aos 37, Mbappé disparou pela esquerda e rolou no meio da área para Herrera. Ele chutou forte e viu Ederson espalmar por cima da baliza.

Na última grande oportunidade do primeiro tempo, aos 42, De Bruyne cobrou escanteio no segundo pau e Rúben Dias subiu mais que a defesa para cabecear, obrigando Donnarumma a fazer mais uma bela defesa. No total, foram dez finalizações do City contra apenas quatro do PSG.

Segundo tempo

O Manchester voltou com a mesma intensidade para a etapa final. Já no primeiro minuto, Cancelo fez bonita jogada pela esquerda e enfiou para Sterling, que chutou cruzado, tirando tinta da trave e assustando a defesa do PSG. Aos 8, em mais um lance de ultrapassagem pela direita, De Bruyne recebeu de Mahrez e chutou cruzado, mas Donnarumma salvou com os pés.

O Paris Saint-Germain, além do gol, só chegou com perigo em um ou dois contra-ataques - muito pouco para a qualidade de seu elenco, tido como o melhor da Europa na atual temporada. Das arquibancadas lotadas do Parque dos Príncipes, em meio a bastante apoio, já era possível ouvir algumas reclamações pela pouca produtividade.

Aos 19, Neymar foi recebeu da direita e infiltrou entre os zagueiros, invadindo a área e finalizando para fora. A jogada foi bem construída, mas, desequilibrado por dois marcadores, ele acabou não pegando como gostaria na bola. Foi o primeiro lance de perigo da partida com participação do brasileiro.

Quando indicava um gol de empate do City, a letalidade ofensiva do PSG. Messi, em sua jogada característica, recebeu na ponta direita e avançou até a entrada da, cortando os adversários e tabelando com Mbappé. Ao receber a devolução, na entrada da área, ele colocou no ângulo de canhota. É seu primeiro gol pelo novo clube.

O gol naturalmente esfriou o ímpeto dos visitantes - que martelaram durante toda a partida em busca do empate mas não conseguiram vencer a muralha chamada Donnarumma. Já o PSG, apesar de ter todo o direito de festejar a importante vitória contra um grande adversário, precisa melhorar seu desempenho.

Na próxima rodada, o Manchester City visita o Club Brugge no dia 19 de outubro às 13h45. Na mesma data, o Paris Saint-Germain recebe o RB Leipzig novamente no Parque dos Príncipes às 16h.

https://twitter.com/SemClubismo_FC/status/1442951476330962945

Outros resultados

Ajax 2 x 0 Besiktas
Shakhtar 0 x 0 Inter de Milão
RB Leipzig 1 x 2 Club Brugge
Porto 1 x 5 Liverpool
Milan 1 x 2 Atlético de Madrid
Borussia 1 x 0 Sporting
Real Madrid 1 x 2 Sheriff

< Wall-e: Amazon anuncia robô doméstico com personalidade própria Ação da Polícia Militar retira cerca de 50 barricadas em SG <