Esportes

Prefeitura do Rio altera decreto e muda regras sobre público nos estádios

Imagem ilustrativa da imagem Prefeitura do Rio altera decreto e muda regras sobre público nos estádios
Torcidas cariocas estão voltando aos poucos aos estádios do Rio de Janeiro. Foto: Gilvan de Souza/CRF

A Prefeitura do Rio de Janeiro segue buscando a melhor forma de normalizar gradativamente a presença de público nos estádios da cidade. Nesta sexta-feira (8), através de publicação no Diário Oficial, algumas regras importantes foram alteradas.

Antes, os clubes cariocas chegaram a testar duas fórmulas: na primeira, eram aceitos torcedores com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 mediante apresentação do teste PCR-RT - comprovando não estarem contaminados. Na segunda, apenas pessoas com o ciclo vacinal completo podiam ir, sem necessidade do teste negativado.

A partir desta sexta, atendendo a pedidos de muitos fãs de futebol, a Prefeitura permitirá a mescla das duas abordagens. Ou seja: o torcedor que já tiver recebido as duas doses - ou dose única - não precisará do teste. Já quem ainda aguarda pela vez na fila da vacina poderá entrar com teste de antígeno. A capacidade de público liberada segue em 50%.

"Considera-se o esquema vacinal completo pessoas acima de 60 anos, após 14 dias da dose de reforço, e pessoas de 15 a 59 anos, após 14 dias da segunda dose da vacina", diz comunicado emitido pela Prefeitura.

Sem tempo hábil para a mudança, já que joga ainda nesta sexta no Estádio Nilton Santos, o Botafogo anunciou que utilizará o novo decreto a partir da próxima partida. Já o Fluminense, que entra em campo neste sábado (9) no Maracanã, comunicou que as mudanças já estão em vigor na venda de ingressos.

< Taxas de ocupação de leitos em SG são as mais baixas desde o início da pandemia Estelionatária que aplicava golpe PIX é presa no Rio <