Luto na música

Ex-integrante do grupo Menudo morre aos 48 anos

Companheiros de banda prestaram homenagens nas redes sociais

Adrián era visto como "carinhoso e carismático" por seus amigos de banda
Adrián era visto como "carinhoso e carismático" por seus amigos de banda |  Foto: Reprodução / Redes Sociais

O cantor Adrián Olivares, ex-integrante da banda Menudo, morreu nesta segunda-feira (8), aos 48 anos, após complicações cirúrgicas. O artista tinha sido diagnosticado com Doença de Crohn, uma síndrome gastrointestinal crônica grave, que atinge as paredes do intestino, podendo causar câncer.

Adrián fez parte da formação da banda entre os anos de 1990 e 1993, sendo o 23º integrante da história do grupo. Nas redes sociais, os ex-companheiros de banda, Roberto Avellanet e Sergio Blass, falaram sobre a morte do amigo.

Leia +: Ator global apresenta comédia em teatro da Zona Sul de Niterói

Leia +: 'Fiquei com medo', diz 'tia da limpeza' que vazou na Globonews

“Voe alto irmãozinho e muita força para sua família… Você sempre foi maduro para sua idade e seu carisma incomparável.", comentou Sergio. “Ainda estou em choque! Força para sua família", publicou Robert. O perfil oficial da banda fez uma publicação no Instagram homenageando Ádrian.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por MENUDO® (@menudo_official)

O Menudo surgiu na década de 1970 e encerrou as atividades em 2009. Adrián, mexicano, foi o primeiro cantor que não era de Porto Rico a integrar a banda. O artista chegou a vir no Brasil, em 1990, para divulgar o álbum "Os últimos heróis".

< Linha Amarela terá interdição para manutenção programada Sinal de alerta: Niterói, SG e Maricá registram casos de coqueluche <