Cidades

Estado do Rio define multa para prática de revacinação indevida

Imagem ilustrativa da imagem Estado do Rio define multa para prática de revacinação indevida
A multa será de R$ 7,4 mil. Foto: Marcelo Tavares

A prática da “revacinação”, com doses dos imunizantes contra Covid-19 além das estabelecidas pelo Plano Nacional de Imunização, está proibida no estado e o infrator poderá ser punido com multa. A determinação é da Lei 9.455/21, de autoria do deputado Delegado Carlos Augusto (PSD), sancionada pelo governador em exercício, André Ceciliano, e publicada em edição extra do Diário Oficial de terça-feira (16).

A norma não se aplica para os grupos que já estão recebendo a dose de reforço ou os que venham a ser incluídos através das determinações das autoridades públicas. A multa será de R$ 7,4 mil (2 mil UFIR/RJ) a R$ 37 mil (10 mil UFIR/RJ), revertida para o Fundo Estadual de Saúde. "Além da preocupação sanitária, essa conduta pode comprometer o plano de vacinação”, justificou o autor da medida.

< Estado do Rio mantém uso de máscaras em locais fechados Walcyr Carrasco detona Camila Queiroz: 'Por mim nunca mais pisa na Globo' <