Cidades

Mês das crianças com atividades na Fazenda Colubandê, em São Gonçalo

Imagem ilustrativa da imagem Mês das crianças com atividades na Fazenda Colubandê, em São Gonçalo
Estudantes receberam orientações e palestra sobre educação ambiental, além de participarem de uma atividade de plantio de 60 mudas ipê. Foto: Luiz Carvalho

Em comemoração ao mês das crianças, a Guarda Municipal de São Gonçalo, através do Grupamento Especializado de Ronda Escolar (GERE), em parceria com o Comando de Polícia Ambiental (CPAm), realizou atividades com 40 alunos da rede municipal de ensino, entre 9 a 11 anos, na Fazenda Colubandê, na manhã desta quinta-feira (21).

Os alunos do Colégio Municipal Castelo Branco, no Boaçu, e do Colégio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro foram os escolhidos para aproveitar o momento de aprendizado e conhecimento, adquirindo informações sobre a importância do cuidado com o meio ambiente.

Durante a visitação, os estudantes receberam orientações da Major Fabíola, através de uma palestra sobre educação ambiental, além de participarem de uma atividade de plantio de 60 mudas ipê. Em seguida, agentes da Ronda Escolar prosseguiram com as ações, oferecendo aos estudantes atividades lúdicas, ensinamentos sobre educação no trânsito, meio ambiente e violência.

Para Andrea Rosa, responsável pelo Grupamento Especializado da Ronda Escolar, na Guarda Municipal de São Gonçalo, o projeto procura quebrar paradigmas, criando um elo de confiança com os alunos das redes municipais.

“A Guarda Municipal procura estar junto com as crianças para a quebra de paradigmas, criando um vínculo de confiança para que eles próprios possam pedir auxílio quando estiverem sofrendo algum tipo de abuso. Em qualquer tipo de violência, as crianças precisam confiar em nós", disse  Andrea.

O comandante do Comando de Polícia Ambiental, cel. Dantas, disse que as 60 mudas que foram plantadas pelos estudantes irão garantir a recuperação da mata da Fazenda Colubandê.

"É formar na criança o respeito à ecologia, à natureza, fauna e flora, tendo consciência ecológica, garantindo a aproximação da sociedade através das crianças com a Polícia Militar, objetivando a formar cidadãos que possam vir a cuidar do meio ambiente e da sociedade na segurança pública”, contou Dantas.

O major Braziliano, subtenente do Comando de Polícia Ambiental, garantiu que essa ideia é uma forma de agregar conhecimento sobre a educação ambiental, algo que existe na grade curricular das escolas.

“A ideia é aproveitar a necessidade das crianças, começando com a inserção de educação ambiental, coisa que nas grades curriculares não existe. Essas ações são necessárias para a continuidade das espécies e da nossa própria existência. Através dessa palestra e das atividades, elas irão absorver e praticar, sendo envolvidas cada vez mais, além de colaborar com o início do processo de revitalização da Fazenda Colubandê, não somente através das nossas mãos, mas também da sociedade. Nada melhor do que fazer isso com as crianças”, concluiu o major.

Agentes Grupamento de Defesa e Proteção Ambiental estiveram presentes durante a visitação, dando todo o suporte necessário.

< Guarda Municipal ganha reforço de motocicletas em Niterói Confira programação do Teatro Municipal de SG para este fim de semana <