Flagra

Vídeo mostra carnes na calçada de mercado em Niterói

Registro foi amplamente divulgado nas redes sociais

Parte de mercadoria ficou exposta no chão
Parte de mercadoria ficou exposta no chão |  Foto: Reprodução

Vídeo feito por um consumidor do Supermarket, na Alameda São Boaventura, 905, no Fonseca, em Niterói, mostra parte de mercadoria exposta no chão. A cena viralizou nas redes sociais, nesta quarta-feira (8), gerando indignação entre clientes.

"As carnes aqui, olha o pé do porco onde está. Que isso? Está louco? Tudo exposto aqui. Isso aqui é sacanagem, tem que comer isso mesmo?", questionou o homem.

No registro, o denunciante mostra certa quantidade de carne de porco amontoada em uma pequena estrutura, em cima de uma calçada. A gravação mostra que parte dos produtos encosta no chão.

O material, conforme testemunhas, estaria sendo descarregado para ainda entrar no mercado.

"Colocam tudo exposto aqui e a população se lasca. A Vigilância Sanitária tem que interditar", diz o rapaz.

Segundo relatos, a unidade não tem boas condições de limpeza e frequentemente há visitas indesejadas de ratos e baratas.

"Não sei como esse supermercado ainda funciona, porque lá dentro o mau cheiro é demais!", criticou uma cliente. "A (o) nutricionista responsável deve acompanhar o recebimento de mercadoria. Ver embalagem, temperatura, etc... Isso aí não pode acontecer", disse outra mulher.

O que diz o mercado

Procurada, a assessoria de imprensa do Supermarket, unidade Alameda São Boaventura, informou que os produtos mostrados são de devolução ao fornecedor, devido à política de controle de qualidade praticada em todas as unidades.

"Destacamos ainda que os mesmos não fazem parte do estoque, não se tratando, portanto, de itens da área de vendas. Cabe ressaltar que prezamos pelo respeito à segurança alimentar e, sobretudo, pela qualidade dos produtos fornecidos aos clientes. O fornecedor em questão já foi contatado pela Rede para que o procedimento de retirada de mercadorias devolvidas seja modificado para evitar exposição de produtos e quaisquer outros transtornos", diz a nota.

O que diz a Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária de Niterói, questionada, ainda não deu detalhes sobre inspeções no local.

< Alok, Alexandre Pires e Simone Mendes vão agitar Itaboraí Rapper de SG esgota produtos de farmácia e doa para o RS; vídeo <