Cidades

Terceirizados do Detran-RJ cruzam os braços por falta de salários

Imagem ilustrativa da imagem Terceirizados do Detran-RJ cruzam os braços por falta de salários
Funcionários paralisaram os serviços por atraso nos salários. Foto: Pedro Conforte

Funcionários de Departamento de Trânsito do Rio (Detran-RJ) estão paralisados desde a manhã da última segunda-feira (8). O motivo é a falta de pagamento há dois meses, referentes a outubro e novembro, incluindo outros benefícios, como vale-refeição e passagem.

Por conta da interrupção dos trabalhos, serviços do órgão como agendamento de identificação civil estão paralisados em todo o estado, incluindo os postos de atendimento de Niterói e São Gonçalo. Apenas as unidades Poupa Tempo de Bangu e São João de Meriti estão com o serviço normalizado.

Em nota, o Detran-RJ informou que "algumas unidades estão com o atendimento interrompido temporariamente devido à mudança da empresa que presta serviços. A nota segue que estava agendado e não conseguiu atendimento poderá voltar ao mesmo posto nos cinco dias úteis subsequentes à reabertura, sem necessidade de reagendamento.

O pagamento da empresa Rio Shop está sendo providenciado e acontecerá nos próximos dias. A empresa não parou suas atividades. O crédito da empresa Angel’s está sob análise em sindicância. A previsão é de retomar as atividades até o fim da semana", finaliza o comunicado.

< "Hoje, qualquer coisa é racismo", diz Jorge Jesus Rio renova maior número de matrículas em cinco anos <