Polícia

Cirurgião plástico é morto por criminosos na Barra da Tijuca

Publicada às 10h22. Atualizada às 12h07.

Imagem ilustrativa da imagem Cirurgião plástico é morto por criminosos na Barra da Tijuca
O médico era formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foto: Reprodução/Instagram

O cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, foi morto após ser baleado em um assalto na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, nesta manhã de terça-feira (19). Ele era formado em Medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia.

Policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca) foram verificar a ocorrência na Avenida Fernando Mattos, na região do Jardim Oceânico. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 6h37. No local, a equipe se deparou com a vítima em óbito. A área foi isolada e a perícia acionada. A ocorrência está em andamento na Delegacia de Homicídios.

No site oficial, o médico informava que "visa a harmonia e delicadeza no contorno corporal e facial e aborda a beleza como conceito de saúde e autoestima elevada". Ele tinha mais de 16 mil seguidores no Instagram.

Entre os principais procedimentos: a abdominoplastia, a blefaroplastia e facelifting, lipoaspiração, o implante de próteses de silicone, as mamoplastias de aumento e redutora, além de preenchedores e botox.

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) emitiu nota de pesar. A categoria solicitou que as autoridades assegurem o direito de ir e vir e que os responsáveis 'sejam devidamente punidos' pelo crime.

"O Cremerj está consternado e lamenta a morte do colega Claudio Marsili, por um motivo tão cruel. Ontem (18), nossa categoria profissional celebrou o Dia do Médico, com uma iluminação especial no Cristo Redentor por esta data, e é muito triste receber esta notícia e saber que estamos tão expostos à insegurança e à violência em nossa cidade. Pedimos às autoridades que assegurem o nosso direito de ir e vir e que os responsáveis sejam devidamente punidos. O Cremerj se solidariza com familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de dor", encerra a nota.

< Rocinha x Niterói: polícia impede entrega de munições e drogas Míssil é lançado pela Coreia do Norte para o mar do Japão <