Tristeza

Criança baleada na cabeça no Rio estava indo comprar pipocas

Aline Rocha, de 4 anos, está internada em estado gravíssimo

Imagem ilustrativa da imagem Criança baleada na cabeça no Rio estava indo comprar pipocas
 

É considerado gravíssimo o estado de saúde da menina Aline Rocha, de 4 anos, baleada na cabeça nesta quarta-feira (1º) na Taquara, na Zona Oeste do Rio. A menina usava uniforme escolar e estava comprando pipocas, quando ficou no meio do fogo cruzado entre criminosos e uma equipe da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco).

A menina segue internada no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na Zona Sul do Rio. A direção do hospital informou que ela passou por cirurgia ao longo da madrugada desta quinta (2). 

É como se fosse um pesadelo que está sendo difícil de acordar, mas, graças a Deus, ela está estável. Logo, logo ela vai tá em casa com a gente Lucas Rocha, pai
 

De acordo com a Polícia Civil, a equipe da Draco esteve no bairro para verificar um denúncia de extorsão. Ao chegar no local indicado, os policiais foram atacados e houve o confronto. Após os disparos, os agentes souberam que uma criança tinha acabado de ser atingida.  

< Com coletes vencidos, policiais são obrigados a fazer revezamento Cadeirante não consegue escapar de incêndio e morre carbonizado <