Vídeo

Tentativa de fuga em ação de zeladoria causa tumulto em Niterói

Caso envolveu morador em situação de rua e agentes do CAT

Cena assustou motoristas e pedestres que passavam pela rua Almirante Teffé
Cena assustou motoristas e pedestres que passavam pela rua Almirante Teffé |  Foto: Reprodução

Um tumulto marcou a ação de zeladoria na Praça do Rink, no Centro de Niterói, na tarde desta terça-feira (11), após tentativa de fuga de um homem.

O caso ocorreu durante abordagem de agentes da Coordenadoria de Ações Táticas da Guarda Municipal (CAT) de Niterói.

Leia+: Niterói discute internação humanizada; entenda a polêmica

O rapaz só foi alcançado a metros de distância da praça, na rua Almirante Teffé, sendo algemado pelos agentes. A cena foi registrada por motoristas que passavam pelo local, por volta de 13h40.

Segundo a ocorrência, o homem tem quatro passagens por furto, uma por receptação e uma por vias de fato. Em agosto do ano passado, ele foi encontrado com um celular roubado e detido pela guarda, mas liberado, conforme as autoridades.

O rapaz justificou ter fugido, nesta terça (11), após achar que seria preso. No entanto, conforme o CAT, foi constatado que não havia mandado de prisão em aberto.

Ações de zeladoria

As ações de zeladoria em Niterói são sempre divulgadas anteriormente no site da Prefeitura, como determina a norma.

Diversas localidades, onde se concentram a maior parte da população em situação de rua, já receberam a ação conjunta dos órgãos da prefeitura.

Nesta quarta (12), as praças Enéas de Castro e Flavio Palmier, no Barreto; Alameda São Boaventura e Ponto Cem Reis, no Fonseca; e Avenida Rio Branco, no Centro, recebem os trabalhos.

A zeladoria em Niterói acontece desde 19 de outubro de 2023, sob o cumprimento das determinações do Decreto 15.101/2023, publicado no Diário Oficial.

O texto institui diretrizes e protocolo de atuação do serviço especializado de abordagem social à população em situação de rua em Niterói, que segue a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). 

O que é feito?

Equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (Smases), da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e da Secretaria de Saúde com apoio operacional da NitTrans atuam em ruas, praças e nas areias das praias.

Durante as ações, as equipes recolheram os utensílios deixados nas calçadas, sendo embalados separadamente, identificados e levados para um depósito público. As pessoas em situação de rua podem solicitar a devolução na secretaria de Assistência Social,

A pasta, inclusive, trabalha na sensibilização e convencimento da população em situação de vulnerabilidade social, já que a legislação brasileira não permite o acolhimento compulsório. Desde 2019, o número de vagas ofertadas nas unidades de acolhimento aumentou mais de 300%.

Acolhimento

Independentemente das atividades da Zeladoria Urbana, o Serviço Especializado de Abordagem Social é contínuo e acontece rotineiramente no dia a dia dos agentes da Assistência Social, conforme a prefeitura.

As equipes fazem rondas nos locais de maior fluxo de pessoas em situação de rua com o objetivo de oferecer acolhida e serviços socioassistenciais à população vulnerável em diversas regiões da cidade.

Os técnicos da abordagem social fazem o cadastro para os benefícios socioassistenciais, verificam a necessidade de segunda via de documentação e encaminham as pessoas para os centros de acolhimento municipais.

< Famoso por hits, Sorriso Maroto ganha maior honraria da Alerj Tatá Werneck revela depressão após 'erro' em exame da filha <