SG e Niterói seguem em estágio de atenção

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Diversas secretarias e subsecretarias estão em estado de atenção para todo e qualquer chamado na cidade. Foto: Divulgação

A comissão de enfrentamento aos desastres naturais de São Gonçalo informa que a cidade está em estagio de atenção. As chuvas estão moderadas e durante a madrugada desta terça-feira (09), a Defesa Civil recebeu quatro ocorrências: três inundações nos bairros Trindade e Jardim Catarina e uma queda de muro no Arsenal. Não há desabrigados, nem feridos. Todos foram cadastrados e levados para casas de familiares próximos.

Os bairros com maior incidência de bolsões de água foram Boa Vista, Mutuá, Neves, Trindade, Ipiíba, Gradim, Colubandê, Galo Branco e Alcântara. Entretanto, a previsão é que ao longo do dia a água escoe e a situação normalize.  As chuvas desta madrugada não alcançaram 50mm, número que aciona o estado de alerta. Segundo o monitoramento das estações do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), foram registrados 24mm de chuva no bairro Colubandê, 22mm no Rio do Ouro e 22mm em Ipiíba.

“Durante a madrugada prestamos assistência a todas as famílias e estamos em constante monitoramento em toda a cidade. As chuvas hoje seguirão moderadas e a previsão é que na parte da tarde os bolsões das áreas mais atingidas escoem e o fluxo diminua”, afirmou o subsecretário da Defesa civil, Antônio Haag.

Niterói

Em Niterói, ruas transformaram-se em verdadeiros rios, diversos bolsões de água foram registrados, quedas de árvores e energia elétrica. O trânsito ficou prejudicado, diversas empresas precisaram reduzir o expediente.

No Morro do Cavalão, em Icaraí, Zona Sul da Cidade, três casas desabaram, uma pessoa ficou ferida e precisou ser levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, na Zona Norte.

Diante da posição metereológica informada pela Defesa Civil as Unidades Escolares funcionarão normalmente nesta quarta-feira (10).
A Defesa Civil municipal segue monitorando a situação, em caso de emergência, o cidadão deve ligar 199 ou 2620-0199.