Cidades

Covid-19: casos confirmados aumentam em rodoviários

Publicado às 16h43 de quarta-feira (19). Atualizado às 15h44 de quinta-feira (20).

Imagem ilustrativa da imagem Covid-19: casos confirmados aumentam em rodoviários
Sindicato não recebia rodoviários contaminados desde junho de 2021. Foto: Vítor Soares

O Departamento Médico do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) registrou, nas duas primeiras semanas de 2022, 162 motoristas e cobradores de ônibus positivados para Covid-19 ou com os sintomas da doença, mais do que o triplo de todo o ano passado. Desde junho de 2021, o setor não recebia rodoviários contaminados pelo coronavírus.

Nesta quarta-feira (19), o Sintronac emitiu alerta para as prefeituras de sua área de atuação, que incluem Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá, e para as empresas de ônibus sobre o alto índice de profissionais contaminados. A entidade pediu a adoção urgente de medidas preventivas em terminais rodoviários e nos próprios coletivos, como a higienização dos veículos e desses locais, além de fiscalização intensa para coibir a circulação de passageiros sem máscaras de proteção.

"Também solicitamos ao poder público a testagem em massa dos rodoviários, pois o quadro está se tornando muito grave. Esses 162 casos, que o sindicato teve conhecimento, podem ser multiplicados por, pelo menos, quatro, uma vez que muitos rodoviários buscam assistência médica por conta própria. Se o índice de contaminação continuar nesse ritmo, o sistema de ônibus vai entrar em uma situação de calamidade", afirma o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira.

Em 2020, o setor de Clínica Médica do Sintronac, que recebe os casos de Covid-19, realizou 2.870 atendimentos, dos quais 861 foram de associados ou familiares com os sintomas da doença. Em 2021, de um total de 2.532 pacientes, o número de pessoas infectadas não passou de 50.

O Sintronac também está fazendo uma campanha de conscientização entre os rodoviários para que não deixem de usar as máscaras de proteção e incrementem a higienização das mãos.

O Departamento Médico do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) registrou, nas duas primeiras semanas de 2022, 162 motoristas e cobradores de ônibus positivados para covid-19 ou com os sintomas da doença. O número é mais do que o triplo de todo o ano passado. Desde junho de 2021, o setor não recebia rodoviários contaminados pelo coronavírus.

Nesta quarta-feira (19), o Sintronac emitiu alerta para as prefeituras de sua área de atuação, que incluem Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá, e para as empresas de ônibus sobre o alto índice de profissionais contaminados. A entidade pediu a adoção de medidas preventivas em terminais rodoviários e nos próprios coletivos, como a higienização dos veículos e desses locais, além de fiscalização intensa para coibir a circulação de passageiros sem máscaras de proteção.

"Também solicitamos ao poder público a testagem em massa dos rodoviários, pois o quadro está se tornando muito grave. Esses 162 casos, que o sindicato teve conhecimento, podem ser multiplicados por, pelo menos, quatro, uma vez que muitos rodoviários buscam assistência médica por conta própria. Se o índice de contaminação continuar nesse ritmo, o sistema de ônibus vai entrar em uma situação de calamidade."

Rubens dos Santos Oliveira, presidente do Sintronac

Em 2020, o setor de Clínica Médica do Sintronac, que recebe os casos de Covid-19, realizou 2.870 atendimentos, dos quais 861 foram de associados ou familiares com os sintomas da doença. Em 2021, de um total de 2.532 pacientes, o número de pessoas infectadas não passou de 50.

O Sintronac também informou que está fazendo uma campanha de conscientização entre os rodoviários para que não deixem de usar as máscaras de proteção e incrementem a higienização das mãos.

Procuradas, as Prefeituras de São Gonçalo e Itaboraí, ainda não responderam até o fechamento desta matéria.

Niterói

A Subsecretaria de Trânsito e Transportes de Niterói informou que realiza constantes medidas de fiscalização, bem como operações educativas para conscientização sobre medidas de combate à disseminação da Covid-19 no Terminal Rodoviário João Goulart. As empresas estão sendo cobradas para que os veículos tenham, em seu interior, dispensers de álcool 70%, que façam sanitização ao final de cada viagem e reforcem que o uso de máscaras é obrigatório para motoristas, trocadores e usuários.

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói disponibiliza para a população 55 pontos de testagem para Covid-19. No drive-thru no Campus da UFF, o atendimento é feito apenas com agendamento prévio pelo aplicativo Dados do Bem. Nas outras unidades, há testagem por demanda espontânea. Em todas as unidades, a testagem está acontecendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (aberto ao público até às 16h). No drive, também há testagem aos sábado, das 8h às 12h (aberto ao público até às 11h).

Maricá

A Prefeitura de Maricá, por meio da Empresa Pública de Transporte (EPT), informou que oferece toda a atenção, incluindo orientações de prevenção contra o contágio da Covid-19, aos motoristas dos ônibus Tarifa Zero (Vermelhinhos).

O órgão ressaltou que os motoristas trabalham utilizando máscara de proteção, seguindo à risca o protocolo de segurança sanitária. A Prefeitura informa ainda que disponibiliza aos motoristas e aos passageiros álcool em gel no interior de todos os veículos da frota. Além disso, todos os equipamentos de ar condicionado passam por manutenção e limpeza periódicas.

< Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 16 milhões nesta quarta-feira Flamengo teria interesse em Endrick, jóia do Palmeiras e considerado "novo Fenômeno" <