Esportes

CBF exigirá ciclo vacinal completo para jogadores entrarem em campo

Imagem ilustrativa da imagem CBF exigirá ciclo vacinal completo para jogadores entrarem em campo
Guia Médico da CBF foi publicado nesta sexta. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Sem vacina, sem inscrição. A Confederação Brasileira de Futebol divulgou nesta sexta-feira (21) a nova edição do Guia Médico de Medidas Protetivas para o Futebol Brasileiro; nela, inseriu a obrigatoriedade do ciclo vacinal completo contra a Covid-19 para a regularização de atletas em suas competições.

"Entende-se como vacinação plena o período de 14 dias após a aplicação da segunda dose se utilizada as vacinas de duas doses ou a aplicação da vacina de dose única", diz um dos trechos do documento.

A primeira edição do Guia Médico foi publicada em 2020 - e seguiu sendo atualizada a cada ano, chegando à terceira edição em 2022. Devido ao novo coronavírus, o arquivo sofreu diversas incrementações até chegar à exigência da comprovação da vacinação.

"É OBRIGATÓRIO ao indivíduo a apresentação do comprovante de vacinação plena para a Comissão Médica Especial da CBF", detalha outra parte do Guia.

Como as medidas protetivas são impostas de uma maneira geral, a exigência deve aparecer novamente no regulamento de cada competição - geralmente publicado pouco antes de seu início. Além disso, a CBF recomenda a aplicação do Guia em outras competições, como os campeonatos estaduais e regionais.

< Inacreditável! Após entrada de Linn da Quebrada, brothers fazem comentários transfóbicos Cronograma de vacinação no Rio será retomado na próxima semana <