Esportes

Clube da Série A deve perder 12 pontos e corre risco de rebaixamento

Imagem ilustrativa da imagem Clube da Série A deve perder 12 pontos e corre risco de rebaixamento
Pedro Henrique registra sete participações pelo Internacional. Foto: Anderson Stevens/SCR

O Campeonato Brasileiro pode sofrer interferência dos tribunais também na edição de 2021. Pela escalação irregular do zagueiro Pedro Henrique, o Sport Club Recife pode ser punido com a perda de até 12 pontos na tabela de classificação.

O jogador, que entrou em campo em quatro oportunidades pela equipe pernambucana, já havia defendido o Internacional, clube que o emprestou, por sete vezes. Segundo o regulamento da competição, um atleta só pode atuar por até seis vezes antes de se transferir para outro time.

O Sport alega que Pedro só fez cinco partidas pelo Internacional. No entanto, em outras duas oportunidades, o defensor foi punido com o cartão amarelo mesmo estando no banco de reservas - o que, segundo o Regulamento Geral de Competições, acaba constando como participações efetivas.

Artigo 43: Se, na condição de substituto, o atleta vier a ser apenado pelo árbitro, será considerada como partida disputada pelo infrator, para fins de quantificação do número máximo a que alude o caput deste artigo.

Já o Código Brasileiro de Justiça Desportiva traz, em seu artigo 214, a pena à qual o Sport deve ser submetido: Perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Desta forma, o Sport, que já vive grave situação na Série A, com apenas 17 pontos conquistados em 22 jogos, na penúltima posição, pode cair para apenas três - o que praticamente decretaria o rebaixamento do Leão à Série B do Campeonato Brasileiro em 2022.

< Sistema lagunar de Itaipu em debate na Câmara de Niterói Presidente da Alerj ganha título de Cidadão Niteroiense <