Esportes

Container do Esporte expande atividades para Itaúna em São Gonçalo

Imagem ilustrativa da imagem Container do Esporte expande atividades para Itaúna em São Gonçalo
Alunos da rede municipal recebem aulas de modalidades adaptadas. Foto: Renan Otto/Ascom SG

A Escola Municipal Pastor Haroldo Gomes, localizada no bairro Itaúna, em São Gonçalo, é a nova contemplada a receber as atividades do projeto Container do Esporte, uma iniciativa desenvolvida pelo Instituto para o Desenvolvimento do Esporte e da Cultura (IDEC) em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

O programa foi criado com o objetivo de oferecer a crianças de 6 a 12 anos atividades esportivas através de cinco modalidades adaptadas.

Alunos da unidade estão tendo acesso a minivôlei, miniatletismo, minitênis, minibadminton e minihandebol. As aulas são realizadas na quadra da escola, às segundas e sextas-feiras, no período da manhã e da tarde. 

O Container ficou estacionado na cidade por dois meses, capacitou 20 profissionais de Educação Física e doou todo o material esportivo utilizado nas atividades, como redes, bolas, raquetes e uniformes. 

"Com a capacitação promovida pelo projeto, nós, profissionais de Educação Física, pudemos inserir a prática de esportes diferenciados às crianças da nossa cidade. Através do projeto, elas têm a oportunidade de vivenciar modalidades esportivas diferenciadas que também contribuirão para agregar novas habilidades e despertar ainda mais interesse pelas práticas esportivas. É gratificante trabalhar e acompanhar o desenvolvimento de cada aluno, me traz a sensação de dever cumprido e de que meu trabalho está sendo realizado da melhor maneira possível, contribuindo para o desenvolvimento deles”, disse a professora Erika Lobo da Silva.

O projeto também é realizado na quadra do Complexo Recreativo Cleber Ribeiro M. Filho, que fica ao lado do Centro de Tradições Nordestinas, em Neves, às terças e quintas-feiras, em dois horários, das 8h40 às 10h, e das 15h às 16h20.

< RJ: filhos estavam presentes em quase 20% dos feminicídios Ataque no Rio tem morte e armas de guerra apreendidas <