Esportes

Em alta no Botafogo após grande temporada, Chay não descarta atuar por rival

Imagem ilustrativa da imagem Em alta no Botafogo após grande temporada, Chay não descarta atuar por rival
Chay concedeu entrevista descontraída ao canal 'Camisa 21'. Foto: Reprodução

Ausente das últimas partidas do Botafogo por conta de uma lesão no tornozelo, o meia Chay falou com carinho da sua relação com o clube em entrevista ao canal 'Camisa 21', do YouTube - mas também não descartou a possibilidade de defender algum rival do Alvinegro. A conversa rolou nesta quinta-feira (11).

Em papo descontraído com o apresentador Bolívia Zica, ex-Desimpedidos, Chay contou que tem grandes ambições com a camisa do Botafogo e mostrou gratidão ao clube pelas portas que abriu.

"É o melhor momento da minha vida, nunca nem imaginei que iria chegar a esse nível. Considero o Botafogo a minha casa, eu comecei aqui. Eu passo nos corredores do Nilton Santos, tem os ídolos lá… Se puder, quando encerrar a carreira, quero ter um desenho meu desses lá também", afirmou Chay.

Por outro lado, ao ser perguntado sobre possíveis propostas de Flamengo, Fluminense ou Vasco, o jogador não vetou a chance de "virar a casaca" e falou em valorização.

"A gente tem que ser valorizado onde está. Se tiver um rival que quer o Chay, basta o Botafogo valorizar, vou ficar aqui até eu sentir que estou sendo valorizado. Não posso dizer que nunca vou jogar num rival, não tem como dizer isso", disse o meia.

Uma das principais peças do Alvinegro na Série B do Campeonato Brasileiro, Chay marcou oito vezes e deu sete assistências - ficando atrás apenas do centroavante Rafael Navarro em participações diretas em gols da equipe carioca. Em processo de recuperação, ele ainda tem esperança de atuar nas três últimas partidas da temporada.

< Gkay desabafa sobre críticas: "Querem que eu seja a princesinha da internet, mas eu não sou" Ana Botafogo em Niterói para sessão de autógrafos de livro sobre a carreira <