Esportes

Lateral aponta causa de eliminações: "A saída de Jorge Jesus"

O lateral Filipe Luís participou de entrevista coletiva nesta quarta-feira (9), no Ninho do Urubu. Um dos líderes do grupo, ele não titubeou ao apontar a troca de técnicos como o principal motivo das eliminações precoces na Copa do Brasil e na Libertadores.

- O principal fator é a saída do Jorge Jesus. O time estava dominado, sabíamos a forma de jogar. Tivemos que aprender de novo. Não é culpa do novo treinador, mas a mudança abala. A defesa passa a jogar de outra forma. Os dois podem ser campeões. Essa foi a principal (razão) - afirmou Filipe.

Imagem ilustrativa da imagem Lateral aponta causa de eliminações: "A saída de Jorge Jesus"
Filipe Luís concedeu entrevista coletiva. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

No entanto, o jogador não eximiu o grupo da responsabilidade.

- Mas a segunda razão é que nós jogadores somos os culpados. Nós assumimos a responsabilidade de não termos conseguido o objetivo da Copa do Brasil e Libertadores - completou.

Depois da saída de Jorge Jesus, o Flamengo não conseguiu reencontrar o futebol que encantou a torcida e fez o clube levantar as taças do Brasileirão e da Libertadores em 2019. Domenéc Torrent não conseguiu emplacar e Rogério Ceni, seu substituto, acabou sendo eliminado nos mata-matas.

Ainda assim, Filipe consegue olhar para o cenário atual com otimismo.

- O time vem em evolução grande nas últimas rodadas. É um modelo diferente. Estamos crescendo, com uma solidez maior. Muitos dos gols difíceis de explicar. O Rogério é completo, trabalha todos os aspectos. Linhas, compactações... tudo. Claro que exige um tempo. Há o diálogo e correção com vídeos. Entendemos cada vez melhor para termos a cara do Rogério Ceni. - encerrou o lateral.

Com Filipe Luís e Rogério Ceni, o Flamengo volta a campo no próximo domingo (13) para enfrentar o Santos, no Maracanã, para tentar diminuir a diferença para o líder São Paulo. O Rubro-Negro ocupa a terceira colocação, com 42 pontos em 23 jogos.

< Luísa Sonza passa por cirurgia Empregos: mais de 70 vagas abertas na Região Metropolitana <