Esportes

Maurício Souza é barrado da Seleção por Dal Zotto: "sem espaço para homofóbicos"

Imagem ilustrativa da imagem Maurício Souza é barrado da Seleção por Dal Zotto: "sem espaço para homofóbicos"
Renan Dal Zotto foi duro nas críticas a Maurício Souza. Foto: Miriam Jeske/COB

As consequências do ato homofóbico de Maurício Souza ainda não terminaram. Após ser demitido pelo Minas Tênis Clube, o jogador foi barrado da Seleção Brasileira de Vôlei pelo técnico Renan Dal Zotto - que deu declarações fortes nesta quarta-feira (27).

Em entrevista ao site O Globo, o treinador foi firme nas palavras diante das falas preconceituosas do jogador.

"Por se tratar de um assunto extremamente relevante procurei me informar sobre o caso no detalhe para me manifestar. E fiquei decepcionado.  É inadmissível este tipo de conduta do Maurício e eu sou radicalmente contra qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo. Em se tratando de seleção brasileira, não tem espaço para profissionais homofóbicos. Acima de tudo preciso ter um time e não posso ter este tipo de polêmica no grupo. Não me refiro apenas ao elenco dos atletas. É geral, para todos os profissionais", afirmou.

Dal Zotto também comentou sobre a postura de Douglas Souza, companheiro de Seleção de Maurício, diante dos acontecimentos.

"Ele se tornou uma grande referência para a comunidade LGBT e quer levantar esta bandeira. Eu acho legal e o apoio. O que posso dizer é que Douglas faz tudo de coração. Ele é exatamente como se mostra, espontâneo", disse.

Por fim, Renan garantiu que este grave episódio não afetará a Seleção Brasileira.

"Não irá afetar. Não tem ninguém convocado ainda. Eu lamento pela polêmica. Este é um assunto atual e que tem de ser falado. Não se pode admitir este tipo de episódio de novo", garantiu.

O caso

No último dia 12, o atleta criticou duramente o anúncio da DC Comics sobre o novo Super-Homem, que se descobrirá bissexual nas próximas edições dos quadrinhos.

“Ah, é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar…”, postou Maurício em seu Instagram.

Antes desse pronunciamento, o atleta criticou a decisão da TV Globo de usar pronome neutro em suas novelas, como forma de respeitar pessoas que não se identificam com um gênero específico.

< Caso Maurício Souza: quando o ódio usa o conservadorismo como escudo Não tá fácil para ninguém: A Fazenda fica sem gás <