Violência

Mototaxista é morto enquanto trabalhava em Itaboraí

O caso segue em investigação

Gilson tinha 38 anos e foi baleado nesta quarta-feira (15)
Gilson tinha 38 anos e foi baleado nesta quarta-feira (15) |  Foto: Reprodução
 

O mototaxista Gilson Macedo dos Santos Filho, de 38 anos, foi baleado enquanto trabalhava na Rua F, no bairro Novo Horizonte, em Itaboraí, nesta quarta-feira (15). Não há informações sobre quem teria assassinado a vítima e por qual motivo. A Polícia Militar foi acionada. 

O caso ocorreu por volta das 16h40 e em torno das 17h a Polícia Militar chegou ao local, onde constatou a morte da vítima. O corpo de Gilson foi encontrado na rua com diversas marcas de tiro. Ninguém foi preso até o momento. 

O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo. O corpo da vítima está passando por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó, em São Gonçalo 

Segundo amigos e familiares da vítima, ele não tinha desavenças com ninguém. "Ele já trabalhava como mototaxista há alguns anos e era conhecido no município. Era nascido e criado em Itaboraí. A gente sabe que um homem em uma moto chegou atirando, mas não sabemos quem foi e nem por qual motivo. Ele era querido, não tinha desavenças com ninguém, não sabemos de nada", disse uma pessoa que preferiu não se identificar.  

A Polícia Civil informou que o caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). Diligências estão em andamento para esclarecer todos os fatos.

< Estudantes que zombaram de colega pela idade desistem da faculdade Torneiras secas: bairro da Zona Norte do Rio sofre com falta d'água <