Polêmica

Maiara e Maraisa proibidas de usar a marca 'As Patroas'; entenda

Projeto das sertanejas era uma parceira com Marília Mendonça

Liminar determinou que o uso indevido acarretará em multa
Liminar determinou que o uso indevido acarretará em multa |  Foto: Rede Social
 

Nem tudo são flores! As irmãs Maiara e Maraisa estão impedidas pela justiça de usar a marca 'As Patroas', projeto que tinha a participação da cantora Marília Mendonça, que morreu em um acidente trágico de avião em novembro do ano passado.

Segundo o colunista Lucas Pasin, uma liminar determinou que a utilização da marca acarretará em multa de R$ 100 mil, seja em publicidades, eventos ou por meio físico e virtual. Isso aconteceu depois que a cantora baiana Daisy Soares foi reconhecida como proprietária da marca.

Leia +: Luísa Sonza e Baco Exu do Blues lançam 'Hotel Caro'; veja

Leia +: Eterno 'Cabeção' de Malhação é internado para reabilitação

Leia +: Na cama, Anitta assume namoro e pede presente a produtor

À Justiça, Daisy mostrou documentos que provem que ela que se apresenta como 'A Patroa' desde 2013 e por causa do sucesso da marca, conseguiu junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial o registro em 2017, sendo a legítima 'patroa'. 

Daisy ainda afirma que além de ter tentado um acordo amigável, buscou contato com o empresário de Marília, e soube que a marca ' As Patroas' seria usada em uma festa apenas. 

< Amber Heard fala sobre derrota contra Johnny Depp em processo INSS abre processo com mil vagas em concurso para nível médio <